Comentários LB Adultos

Comentários das Lições Bíblicas Adultos

Comentários LB Adultos
A Manifestação da Graça da Salvação – Eu Vou pra EBD

A Manifestação da Graça da Salvação – Eu Vou pra EBD

A salvação, concedida ao homem perdido, é fruto da graça de Deus, por intermédio de Cristo Jesus, que veio ao mundo, como Deus que se fez homem, para redimir o homem. A graça de Deus é a mais extraordinária manifestação do seu amor para com o pecador. Mas ele só pode usufruir os benefícios desse recurso divino se reconhecer o seu estado miserável, em termos espirituais, e converter-se mediante a aceitação de Cristo como seu Salvador. Embora haja vários significados para a palavra graça, a mais comum é ser considerada “favor imerecido de Deus”, visando à salvação do homem.

Essa graça de que fala o texto em apreço, que estende o favor divino ao pecador, é a “graça salvadora”, segundo a qual, Deus, o Soberano do universo, concede ao homem a oportunidade de reconciliar-se com Ele, mediante o sacrifício de Cristo, no Calvário. Essa graça salvífica é a origem desse favor divino, motivada pelo grande amor de Deus. Diz Paulo: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus” (Ef 2.8).

Comentários LB Adultos
A Manifestação da Graça da Salvação – Luciano de Paula Lourenço

A Manifestação da Graça da Salvação – Luciano de Paula Lourenço

Texto Base: Tito 2:11-14; 3:4-6

“Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens” (Tt 2:11)

INTRODUÇÃO

Esta é a última Aula do 3º Trimestre de 2015. Estudaremos nesta ocasião a respeito da graça da Salvação, a mais extraordinária manifestação do amor divino para com a humanidade. A graça de Deus traduz a bondade do Senhor e o seu desejo de favorecer o homem, de ser misericordioso com o ser humano, ainda que o homem não mereça esta benevolência divina, vez que pecou e se rebelou contra o seu Criador. Entretanto, apesar do pecado, Deus mostrou seu amor em relação ao homem, por intermédio da sua graça. Sem que o homem mereça coisa alguma, Deus providenciou um meio pelo qual o homem pudesse retornar a conviver com Ele. Ele enviou seu Filho para que morresse em nosso lugar e satisfizesse a justiça divina. Portanto, a todos quantos crerem na obra do Filho, Deus permite que venha novamente a ter comunhão com Ele, ainda que imerecidamente. É este favor imerecido que consiste na Graça de Deus.

Comentários LB Adultos
Exortações Gerais – Dr. Adaylton Almeida

Exortações Gerais – Dr. Adaylton Almeida

Pr. Adaylton de Almeida Conceição

Paulo escreveu a Tito uma carta para instruí-lo e animar em seus deveres. A carta é breve, com apenas três capítulos, mas reúne grande quantidade de instruções abrangendo doutrina, moral e disciplina. Martinho Lutero ao se expressar sobre essa carta disse que ela “é a quintessência da doutrina cristã, composta de tal maneira que contém todo o necessário para o conhecimento e a vida cristã.” (quintessência significa a quinta-essência, isto é, o essencial, o mais puro, o melhor ou o principal de algo (Houaiss, 2004)

Comentários LB Adultos
Exortações Gerais – Ev. Luiz Henrique

Exortações Gerais – Ev. Luiz Henrique

Lição 12 – Exortações Gerais

3º trimestre de 2015 – A Igreja E O Seu Testemunho – As Ordenanças De CRISTO Nas Cartas Pastorais

Comentarista da CPAD: Pr. Elinaldo Renovato de Lima

Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva

NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO

http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm

TEXTO ÁUREO
“Em tudo, te dá por exemplo de boas obras; na doutrina, mostra incorrupção, gravidade, sinceridade.” (Tt 2.7).

Comentários LB Adultos
Exortações Gerais – Ev. Isaías de Jesus

Exortações Gerais – Ev. Isaías de Jesus

Texto Áureo= “Em tudo, te dá por exemplo de boas obras, na doutrina, mostra incorrupção, gravidade, sinceridade. (Tt2.7)

Verdade Prática = A Palavra de Deus tem exortações de grande valor para todos os crentes, em todos os Lugares.

LEITURA BIBLICA = TITO 2: 1-8

INTRODUÇÃO

Aqui está a terceira parte do assunto dessa epístola. No capítulo anterior, o apóstolo tinha orientado Tito a respeito de questões de governo e a que colocasse em ordem as coisas deficientes nas igrejas. Agora, ele apresenta as seguintes exortações:De maneira geral, em relação ao cumprimento fiel do seu próprio ofício. O fato de ordenar os outros a pregar não o isentava de pregar. Sua função não era apenas cuidar dos ministros e presbíteros, mas tambémprecisava instruir alguns cristãos específicos a cumprirem o seu dever.

Comentários LB Adultos
Exortações Gerais – Rede Brasil de Comunicação

Exortações Gerais – Rede Brasil de Comunicação

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50040 – 000 Fone: 3084 1524

LIÇÃO 12 – EXORTAÇÕES GERAIS – 3º TRIMESTRE DE 2015

(Tt 2.1-8)

INTRODUÇÃO

Na lição desta semana, estudaremos as “Exortações Gerais” do apóstolo Paulo a Tito. Quando Paulo escreveu o capítulo de número cinco da primeira carta a Timóteo, ele dissertou acerca do tratamento sentimental e harmonioso que deveria existir entre a família de Deus, isto é, o relacionamento interpessoal entre as diversas faixas etárias da igreja local. Já no capítulo de número dois da carta de Tito, o apóstolo da ênfase nas recomendações, a estas mesmas faixas etárias, nesta feita, sobre a conduta ética esperada por elas. Na visão paulina, exortar estes grupos da igreja local, a se portarem em conformidade com o Evangelho de Jesus Cristo, era um dos indicadores que deveriam ser observados para o êxito da organização da igreja.

Comentários LB Adultos
Exortações Gerais – Sulamita Macêdo

Exortações Gerais – Sulamita Macêdo

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

Comentários LB Adultos
Exortações Gerais – Luciano de Paula Lourenço

Exortações Gerais – Luciano de Paula Lourenço

Texto Base: Tito 2:1-8

“Em tudo, te dá por exemplo de boas obras; na doutrina, mostra incorrupção, gravidade, Sinceridade”(Tt 2:7)

INTRODUÇÃO

Nesta Aula estudaremos o capítulo 2 de Tito. Neste capítulo 2, Paulo se volta para a supervisão pastoral das comunidades cretenses, direcionando suas exortações a grupos selecionados por idade, sexo e posição social. Ele requer de cada um dos grupos um alto padrão de conduta. Ao requerer isso ele demonstra sua preocupação tanto com a boa reputação da igreja quanto com o avanço do evangelho num ambiente de moralidade duvidosa. Os crentes, principalmente os líderes, deveriam professar sua fé em Deus por meio da conduta. Os falsos mestres não viviam o que pregavam. Havia um abismo entre o que eles falavam e o que eles faziam. Tito deveria agir de forma diametralmente oposta aos falsos mestres. John Stott diz que não poderia haver contradição entre a teologia e a ética de Tito. Não poderia existir dicotomia entre o seu ensino e o seu comportamento. (1)

Comentários LB Adultos
A Organização de uma Igreja Local – Rede Brasil de Comunicação

A Organização de uma Igreja Local – Rede Brasil de Comunicação

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50040 – 000 Fone: 3084 1524

LIÇÃO 11 – A ORGANIZAÇÃO DE UMA IGREJA LOCAL – 3º TRIMESTRE DE 2015

(Tt 1.4-14)

INTRODUÇÃO

Nesta lição, estudaremos sobre a autoria, data de escrita, contexto histórico e destinatário da carta que o apóstolo Paulo enviou a seu cooperador Tito que estava dando assistência a igreja que estava na cidade de Creta. Veremos também, as qualidades deste servo do Senhor e quais os principais temas ou assuntos contidos nesta súmula.

Comentários LB Adultos
A Organização de uma Igreja Local – Luciano de Paula Lourenço

A Organização de uma Igreja Local – Luciano de Paula Lourenço

Texto Base: Tito 1:4-14

“Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam e, de cidade em cidade, estabelecesses presbíteros, como já te mandei” (Tt 1:5

INTRODUÇÃO

Em continuidade ao estudo das “Ordenanças de Cristo nas Cartas Pastorais”, estudaremos a partir desta Aula a Epístola de Tito. Esta é a mais breve das três cartas pastorais escritas pelo apóstolo Paulo. Tito foi incumbido de pôr em ordem o que Paulo deixara inacabado nas igrejas de Creta, inclusive a instituição de presbíteros nessas igrejas (Tt 1:5); ajudar as igrejas a crescerem na fé, no conhecimento da verdade e em santidade (Tt 1:1); e silenciar falsos mestres que perturbavam a fé dos cristãos dessa ilha. Ele, na condição de presbítero supervisor, deveria estabelecer igrejas “de cidade em cidade”, ministrar a palavra de edificação e advertência contra os falsos cristãos, repreendendo-os de modo veemente. Não era fácil a missão de Tito.

Pages