O Líder Diante da Chegada da Morte – Pr. Adilson Guilhermel

Texto Áureo: Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 2 Timóteo 4.7

Leitura Bíblica em Classe: 2 Timóteo 4.6-17

COMO DEVE SER UM LÍDER DIANTE DA CHEGADA DA MORTE

Introdução: Paulo o grande apóstolo dos gentios na chegada da morte manteve um comportamento sereno e como sempre zeloso para manter a chama do evangelho acesa, a qual deveria ser mantida pelos seus cooperadores, principalmente Timóteo. A circunstância do aprisionamento do apóstolo estava provavelmente ligada às loucuras do imperador Nero que odiava os cristãos. Em cerca de 64 d.C. Paulo foi aprisionado, com outros cristãos e veio a sofrer o martírio em Roma, provavelmente no ano de 65 d.C. Segundo consta ele teria sido decapitado. Paulo que prosseguia para o alvo estava chegando perto desse alvo que era o seu encontro com Cristo depois que fosse executado pelos romanos. Porém nesses momentos finais da sua vida ele não deixou de fazer a obra de Cristo. Mesmo preso e já sentenciado ele continuava em plena atividade, principalmente aconselhando os seus cooperadores diante da grande responsabilidade que eles teriam pela frente após a sua partida. A sua carreira estava por terminar, porém ele tinha consciência de estar combatendo o bom combate e conservando a sua fé, mesmo diante das circunstâncias que vinha enfrentando.
1. QUE O SEU COMPORTAMENTO NA OBRA SEJA HONROSO E SERVINDO A CRISTO – 2 Timóteo 4.6 Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo.
Paulo tinha convicção de que todo o seu esforço tinha a aprovação do Senhor. Sabia que honrou o nome daquele que o chamou como um vaso escolhido para a grande obra para a qual foi chamado. Ele tinha desejos de ir para a glória, mas a sua consciência responsável dizia que ele deveria continuar, pois o seu tempo aqui nesse plano terreno não havia terminado. “Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor. Filipenses 1:23”. A morte virá para todos e isso é inevitável. A questão é será honrosa ou desonrosa.
2. QUE DE O MELHOR DE SI NA OBRA PARA QUANDO PARTIR TERMINAR VITORIOSO – Timóteo 4.7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.
Paulo deu o melhor de si em todo o seu ministério missionário e o seu bom combate envolve o que ele disse: Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12. Ele sabia que a sua luta não era terrena e sim espiritual, pois satanás sabia do potencial evangelizador do apóstolo e usou de todos os meios para impedir a propagação do evangelho. Porém nada e ninguém pode separar Paulo do amor que ele tinha por Cristo e a sua obra: Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Romanos 8:35. Quem dá o melhor de si em prol do reino de Deus, jamais deixará de ser vitorioso.
3. QUE SEJA FIEL E JUSTO NA OBRA PARA RECEBER A COROA GARANTIDA POR DEUS – 2 Timóteo 4.8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.
O nosso trabalho se for realizado com toda fidelidade e um espírito justo tem garantias divina de recompensa. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. 1 Coríntios 15:58. Os que amam a vinda do Senhor são aqueles que estão em plena atividade servindo ao Senhor com toda a disposição e produzindo os frutos que lhe são agradáveis. Se amarmos a vinda de Cristo e vivermos em obediência a sua vontade e realizarmos a obra a qual Ele nos chamou, com certeza seremos coroados.
4. QUE PROCURE TER AO SEU LADO OBREIROS FIÉIS NA CONTINUIDADE DA OBRA – 2 Timóteo 4.9 Procura vir ter comigo depressa,
A amizade que Paulo nutria por Timóteo era muito forte e naqueles momentos finais que lhe restavam de vida, ele expressou um desejo ardente e afetuoso no seu coração para que o seu discípulo amado fosse lhe visitar. É evidente que por trás desse desejo ardente em ver Timóteo, o apóstolo no seu senso de preocupação e responsabilidade com a obra certamente queria lhe dar mais alguns conselhos pessoalmente. Ter ao nosso lado obreiro fiéis é uma grande sensação de conforto e segurança. Para Paulo era muito importante e reconfortante nesses últimos momentos de vida poder contar com Timóteo, como também com outros obreiros de confiança.
5. QUE SEJA FORTE PARA SOFRER A DOR DO ABANDONO DE UM MAU COOPERADOR – 2 Timóteo 4.10 Porque Demas me desamparou, amando o presente século, e foi para Tessalônica, Crescente para Galácia, Tito para Dalmácia.
Nem todos os que lançam a mão no arado continuam segurando o arado. Foi o caso de Demas que durante algum tempo serviu a Paulo na obra evangelística e agora o havia deixado numa situação difícil, pois o abandonou. A grande tristeza de Paulo é que essa separação não era apenas local, pois o mais grave e que era uma separação espiritual. Demas havia declinado na fé e abandonado a carreira cristã. Demas assim como muitos que fazem da obra de Deus uma aventura de curto prazo, quando se deparam com a realidade e as grandes provações perdem toda a euforia de início largando a mão do arado. Paulo sentiu o baque da traição e procurou trazer a sua companhia pessoas que tinham realmente compromisso com o reino.
6. QUE POSSA ESTAR RECONFORTADO PODENDO CONTAR SEMPRE COM COLABORADORES FÉIS – 2 Timóteo 4.11 Só Lucas está comigo. Toma Marcos, e traze-o contigo, porque me é muito útil para o ministério.
Marco que um dia havia se separado de Paulo juntamente com Barnabé, agora é chamado por Paulo para estar com ele novamente. Essa reconciliação seria muito útil ao apóstolo, pois ele conhecia bem Roma e a situação da igreja na cidade. No caso não seria para tornar a vida de Paulo mais fácil especificamente, e sim, para cumprir certos deveres a serviço da obra de Deus e a pregação do evangelho. Paulo sabia que Marcos havia amadurecido e crescido espiritualmente, dai ele voltar a depositar a sua confiança nele. Essa reconciliação contribuiria muito para o ministério de Cristo.
7. QUE SEJA ZELOSO E SE  PREOCUPE EM DEIXAR NA IGREJA APENAS OBREIROS FIÉIS – 2 Timóteo 4.12 Também enviei Tíquico a Éfeso.
Paulo ao chamar Timóteo para visitá-lo em Roma procurou enviar alguém de responsabilidade a igreja de Éfeso para ocupar o seu lugar no período em que ficaria ausente. A posição de um líder de Igreja não pode ficar na direção de qualquer um, pois isso poderia se transformar num grande desastre. Um líder só pode se ausentar da obra que dirige, se há obreiros dignos de confiança para ocupar provisoriamente o seu lugar.
8. QUE PROCURE SE FORTALECER NA MEDITAÇÃO CONTINUA DA PALAVRA DE DEUS – 2 Timóteo 4.13 Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos.
Paulo pede a Timóteo que traga a sua capa, pois queria ter um pouco de conforto em poder se aquecer com ela na frieza da sua cela. Esta capa quente seria uma bênção no inverno que se aproximava, o que pode indicar que o lugar onde Paulo estava preso era uma fria masmorra. Pediu os livros e pergaminhos, que na realidade eram rolos de peles de animais onde eram registrados os escritos sagrados. Para o apóstolo esse material seria de grande valia, pois em se tratando das escrituras ele poderia se confortar meditando na palavra nos seus últimos momentos de vida. Em meio à solidão e ao desconforto enfrentados por Paulo, ele aparentemente planejou obter forças meditando na Palavra de Deus, e talvez desejasse até mesmo continuar a fortalecer os demais cristãos, através de seus escritos. Nos momentos de solidão o melhor companheiro é as escrituras sagradas.
9. QUE NUNCA SEJA VINGATIVO COM NINGUÉM, POIS A VINGANÇA PERTENCE AO SENHOR – 2 Timóteo 4.14 Alexandre, o latoeiro, causou-me muitos males; o Senhor lhe pague segundo as suas obras.
Esse Alexandre, o latoeiro teve grande participação na acusação contra o apóstolo Paulo e era um dos grandes responsáveis da sua prisão. Embora esse indivíduo lhe houvesse causado muitos males, Paulo não se deixou levar pelo ódio ou vingança, pois ele sabe que a vingança pertence somente a Deus e não ao homem: Hebreus 10:30 Porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo. – Simplesmente Paulo se restringiu a um sentimento natural deixando tudo por conta do Senhor, quando disse: que o Senhor lhe pague segundo as suas obras.
10. QUE NÃO DEIXE DE ALERTAR OS SEUS OBREIROS SOBRE OS ARDIZ DE HOMENS MAUS – 2 Timóteo 4.15 Tu, guarda-te também dele, porque resistiu muito às nossas palavras.
Paulo achou providencial alertar a Timóteo quando a esse indivíduo chamado Alexandre, o latoeiro. Isto porque Paulo sabia que esse elemento não se deteria o seu ódio pelos cristãos e mesmo após ele ser martirizado. Certamente ele continuaria perseguindo e acusando os cristãos assim como havia feito com o apóstolo. Assim os obreiros estando de sobreaviso quanto a esse elemento deveriam ficar precavidos para não dar qualquer brecha ou motivo para ele agir com o seu ódio.
11. QUE NUNCA VENHA GUARDAR RANCOR DE QUEM LHE TRAI E SIM SEMPRE PERDOAR – 2 Timóteo 4.16 Ninguém me assistiu na minha primeira defesa, antes todos me desampararam. Que isto lhes não seja imputado.
Na chegada da morte e mesmo quando não se espera por ela, não devemos guardar qualquer tipo de rancor ou raiz de amargura em nossos corações por atos de pessoas que nos traem ou nos desamparam. Embora na audiência de Paulo com os magistrados ele tenha ficado só, pois alguns companheiros com medo o abandonaram, ele oferece perdão por todos eles. Sempre é bom estarmos como o coração limpo, pois não sabemos o dia e a hora da nossa partida e se estivermos com o coração sujo há grandes possibilidades do destino final ser mudado.
12. QUE CONTE SEMPRE COM A PRESENÇA DE CRISTO CRENDO NA SUA ASSISTÊNCIA – 2 Timóteo 4.17 Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão.
Paulo enfrentou ousadamente os seus inimigos presentes na audiência sem negar o seu testemunho fiel do evangelho de Cristo de quem recebeu capacitação e autoridade para testificar em qualquer ocasião que viesse a enfrentar. O leão a qual Paulo se refere é o próprio satanás que preparou vários ardiz para derrotá-lo e prejudicar a obra do evangelho. Paulo não temia a morte, pois sabiam que quando ela chegasse o Senhor o levaria para o seu reino celestial. Eclesiastes 12:13 De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.

Comentarista: Pastor Adilson Guilhermel

Publicado no site Esboços da EBD

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.