O Evangelho da Graça – Telma Bueno

INTRODUÇÃO
I – AS FALSAS DOUTRINAS CORROPEM O EVANGELHO DA GRAÇA
II – A GRAÇA SUBERABUNDOU COM A FÉ E O AMOR
III – UM CONVITE A COMBATER O BOM COMBATE
CONCLUSÃO

 


I- AS FALSAS DOUTRINAS CORROPEM O EVANGELHO DA GRAÇA

Professor, neste primeiro tópico da lição procure enfatizar o alerta de Paulo a respeito das falsas doutrinas, pois elas acabam corrompendo o evangelho da graça.Explique que o evangelho da graça é o evangelho libertador de Jesus Cristo. Ressalte que a “missão de Timóteo era silenciar os falsos mestres de sorte que a verdade do Evangelho pudesse produzir o fruto do amor” (RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia. 1 ed. Rio de Janeiro: CPAD, p. 833).

No versículo 4 da Leitura Bíblica em Classe, Paulo exorta os irmãos a não se ocuparem com “fábulas ou genealogias intermináveis” (v. 4). O que seriam estas fábulas e genealogias? “Provavelmente sejam essas as fábulas judaicas emocionadas em Tito 1.14. Literatura religiosa do período mostra tratados da genealogia do Antigo Testamento como uma fonte de verdade simbólica relacionada ao Apocalipse. Esta proposta, estimulada por inúmeros argumentos, afastava cada vez mais os especuladores do verdadeiro significado e intenção da Escritura” (RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia. 1 ed. Rio de Janeiro: CPAD, p. 833).

II – A GRAÇA SUBERABUNDOU COM A FÉ E O AMOR

Paulo reconheceu que a graça de Jesus superabundou com a fé e o amor que há em Jesus Cristo. Ele mostra aos irmãos que as falsas doutrinas corrompem o evangelho da graça, por isso, deveriam ser combatidas por Timóteo e pela igreja. Explique que as falsas doutrinas eram representadas por fábulas ou genealogias.

“Sete anos antes de Paulo escrever esta epístola, advertira os presbíteros de Éfeso de que os falsos mestres procurariam distorcer a verdadeira mensagem de Cristo. Agora que isso já estava acontecendo, Paulo exorta Timóteo a confrontá-los com coragem. Este jovem pastor não devia transigir com esses falsos ensinos que corrompiam tanto a lei quanto o evangelho. Ele devia travar contra eles o bom combate (1 Tm 1.18) mediante a proclamação da fé original, conforme o ensino de Cristo e dos apóstolos ( 2 Tm 1.13,14). A expressão ‘outra doutrina’ vem do grego heteros e significa ‘estranha’, ‘falsificada’, ‘diferente’ (Bíblia de Estudo Pentecostal, CPAD, p. 1870).

III – UM CONVITE A COMBATER O BOM COMBATE

Como você reage diante dos embates da vida? Mesmo diante das dificuldades permanece fiel ao Senhor, combatendo o bom combate? Paulo convida Timóteo a combater o bom combate, lembrando que a igreja enfrentava os falsos mestres que estavam levando alguns a apostatarem da fé.

“Paulo adverte Timóteo várias vezes a respeito da terrível possibilidade da apostasia, o abandono da fé”. Mas, o que é apostatar? Você sabe significado de apostatar? “Apostatar significa cortar o relacionamento salvífico com Cristo, ou apagar-se da união vital com Ele e da verdadeira fé nEle. Sendo assim, a apostasia individual é possível somente para quem já experimentou a salvação, a regeneração e renovação pelo Espírito Santo; não é a simples negação das doutrinas do NT pelos inconversos dentro da igreja visível.

A apostasia pode envolver dois aspectos distintos, embora relacionados entre si: (a) a apostasia teológica, a rejeição de e (b) a apostasia moral, aquele que era crente e deixa de permanecer em Cristo e volta a ser escravo do pecado e da imoralidade”. Observe os passos que podem levar à apostasia:

1. O crente, por sua falta de fé, deixa de levar plenamente a sério as verdades, exortações, advertências, promessas e ensinos da Palavra de Deus;
2. Quando as realidades do mundo chegam a ser maiores do que as do reino celestial de Deus, o crente deixa paulatinamente de aproximar-se de Deus através de Cristo;
3. Por causa da aparência enganosa do pecado, a pessoa se torna cada vez mais tolerante do pecado na sua própria vida. Já não ama a retidão nem odeia a iniquidade;
4. Por causa da dureza do seu coração e da sua rejeição dos caminhos de Deus, não faz caso da repetida voz e repreensão do Espírito Santo;
5. O Espírito Santo se entristece; seu fogo se extingue e seu templo é profanado. Finalmente, Ele afasta-se daquele que antes era crente” (Bíblia de Estudo Pentecostal, CPAD, p. 1903).

Por Telma Bueno
Educação Cristã.
Publicações. CPAD.

Publicado no Portal Lições Bíblicas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.