CPAD

Conflitos Familiares – Sulamita Macedo

Conflitos Familiares – Sulamita Macedo

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

A Nova Vida em Cristo – Sulamita Macedo

A Nova Vida em Cristo – Sulamita Macedo

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

A Nova Vida em Cristo – Luciano de Paula Lourenço

A Nova Vida em Cristo – Luciano de Paula Lourenço

Texto Base: Romanos 12:1-12

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”(Rm 12:1).

Objetivo desta Aula: “Mostrar que a nova vida em Cristo consiste viver em santidade” (LBP).

INTRODUÇÃO

Nesta Aula, estudaremos o capítulo 12 da Epístola aos Romanos. Até o capítulo 11, Paulo tratou da doutrina; agora, tratará da ética. Após ter glorificado a Deus com um maravilhoso hino (Rm 11:33-36), o apóstolo Paulo passa para parte prática da epístola aos romanos, à aplicação do ensino e da doutrina no dia-a-dia dos crentes, no comportamento, na conduta, nas ações de cada servo de Deus enquanto estiver sobre a face da Terra. Aliás, o capítulo 12 ao 16 responde à pergunta: “como deve ser a vida diária dos que foram justificados pela graça?”. A Bíblia nunca ensina uma doutrina para torná-la simplesmente conhecida; ela é ensinada para que seja transferida para a prática. No capítulo 12, Paulo trata de nossos deveres em relação a outros cristãos, à comunidade, aos nossos inimigos, ao governo e aos irmãos mais fracos. Paulo mostra que após experimentar da graça divina não é mais possível viver segundo as normas ou a maneira de pensar deste mundo pecaminoso (Rm 12:1,2). Uma vida transformada tem relacionamentos transformados. Não podemos amar a Deus e odiar nossos irmãos; não podemos ter um relacionamento vertical correto se os relacionamentos horizontais estão errados. O apóstolo também mostra que como novas criaturas, pertencemos ao um corpo, o “Corpo de Cristo”. Cada membro desse Corpo recebeu dons e talentos e estes precisam ser usados com humildade, amor, sabedoria, contribuindo para o bem-estar de todos.

A Nova Vida em Cristo – Pr. Adaylton Almeida

A Nova Vida em Cristo – Pr. Adaylton Almeida

A NOVA VIDA EM CRISTO – Lições Bíblicas EBD/ CPAD – Subsídio Teológico por Pr. Adaylton de Almeida Conceição

Nos primeiros onze capítulos da carta aos Romanos, encontramos a apresentação de Paulo das boas novas da graça de Deus. Primeiramente ele descreveu a escravidão do homem ao pecado e sua necessidade de libertação (Romanos 1:18 a 3:20).

Todos os homens são culpados e não têm desculpas diante de Deus. Depois mostrou como Deus tem actuado por meio da morte e ressurreição de Jesus Cristo, seu Filho, para libertar os homens desta escravidão (Romanos 3:21 a 8:39). Por meio da fé em Jesus Cristo os homens podem ser perdoados e reconciliados com Deus.

Depois discutiu o problema da incredulidade do povo de Israel e a promessa de sua restaura-ção (Romanos 9:1 a 11:36). Agora chegamos à última e maior parte da carta (Romanos 12:1 a 15:13), aonde Paulo aplica o evangelho ao viver quotidiano do cristão.

Pages