A Segunda Vinda de Cristo – Pr. Josaphat Batista

A Segunda Vinda de Cristo – Pr. Josaphat Batista

A Segunda Vinda de Cristo

Lição 11 do 3º trimestre de 2017 EBD CPAD

A iminência da volta do Senhor traz ao crente uma consciência de vivermos uma vida mais santa, de maior seriedade com evangelização dos não-crentes e desejo de estar mais perto do Senhor.

A vinda do Senhor é uma promessa feita pelo próprio Senhor Jesus. É uma promessa “esperança para todos os que creem.

 

Neste artigo você estudará sobre:

1. Sinais da segunda vinda de Cristo

2. Categorias de sinais que precederão a segunda vinda de Cristo

3. Dois sinais concretos da vinda do Senhor

4. O Relógio Escatológico

5. Dispersão e regresso de Israel

6. A destruição progressiva do povo do Norte

7. Ressurgimento do Antigo Império Romano

8. A segunda vinda de Cristo em duas etapas distintas

9. Quem participará do Arrebatamento

10. Teorias divergentes acerca da segunda vinda de Cristo

Bons estudos!

 

TEXTO BÍBLICO

l Tessalonicenses 4

13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.

14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.

15 Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.

17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

Lucas 21

25 E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas.

26 Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes docéu serão abaladas.

27 E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória.

 

SINAIS DA SEGUNDA VINDA DE CRISTO

1 – Sinais precedidos por Deus desde a criação de todas as coisas.

Gênesis 1.14 – muitos acontecimentos relatados na bíblia estão precedidos por sinais, como:

  • Deus pôs um sinal em Caim Gn 4.15.
  • Houve um sinal de aliança de Deus com os homens nos dias de Noé – Gn 9.12-13.
  • Deus ao encorajar Moisés, usa sinais – Ex 4.8.
  • O fogo consome duzentos e cinqüenta homens que se opõem a Moisés, sendo assim como um sinal em que Deus estava com Moisés – Nm 26.10.
  • Doze pedras foram por sinal em que Deus fez Josué e todo o seu povo passar o Jordão de per enxuto – Js 4.6.
  • Gideão pede um sinal – Jz 6.17.
  • Sinal na profecia contra a casa de Elias – I Sm 2.34.
  • Na profecia do nascimento de Josias, houve um sinal quando o profeta predisse – 1Rs 13.3.
  • Isaías fala de um sinal para o nascimento de Cristo – Is 7.14.
  • Sinal de castigo nos dias de Jeremias – Jr 44.9.
  • Ezequiel, um profeta enviado por Deus a casa de Israel por sinal – Ez 12.6.
  • Até o rei Nabucodonozor reconheceu sinais de Deus – Dn 4.2,3.
  • JESUS enfatiza o sinal do profeta Jonas no ventre do peixe, semelhante o estado do seu corpo físico entre a sua morte e ressurreição – Mt 12.39.
  • Haverá sinais para os que crerem no nome de Jesus – Mc 16.17.
  • Os discípulos indagam a respeito da vinda de Cristo e do fim do mundo, e o mestre Jesus responde relatando sobre os sinais – Mt 24.3.

 

CATEGORIAS DE SINAIS QUE PRECEDERÃO A VINDA DE CRISTO

  • Sinal Histórico

No ano 70 d.C. O general  Tito com seus exércitos entrou em Jerusalém e destruiu tudo, inclusive o templo.de fato, não ficou pedra sobre pedra. Mt 24.1,2.

  • Sinais Atuais

Principio de dores – A angustia na terra – Mt 24.8; Lc 21.25.

  • Sinal em Cima no Céu

Espanto, fumaça, fogo, trevas, sangue. At 2.19; Jl 2.30,31; Lc 21.11.

  • Sinais na Terra

O véu do templo se rasga – Mt 2.6,7, terremotos – rumores de guerras. Os mortos ressuscitam. Mt 27.51; At 2.19; Fumaça, sangue, fogo. Lc 21.11,12.

  • Sinais na Vida Religiosa

Falso cristo – tomentos, mortes, ódio, por causa do nome de Cristo. Mt 24.5,9, 10.

Esfriamento do amor a Cristo. Lc 1.12; Ap 6.9-11. Falsos profetas Mt 24.11.

  • Sinais na Vida Social

Os povos despercebidos comprometidos mais com os prazeres terrenos Lc 17:26-28. Mt 24.37,38.

Ricos opressores prantearão e chorarão as suas riquezas – escândalos, traição, aborrecimentos Tg 5.1-6; Mt 21.10.

  • Sinal Entre as Nações

Nação contra nação e reino contra reino Mt 24.7.

  • Sinal na Vida Física

Pestes, fomes, princípios de dores Mt 24.7,8.

  • Sinais na Vida Moral

Corrupção e degradação do gênero humano como nunca visto. Violência, pornografia, ameaças ao casamento. Lc 17.28-30; II Tm 3.1-9; I Tm 4.3.

  • Sinal entre o povo de Deus

Esfriamento espiritual acompanhado da apostasia – Comodismo, egolatrismo espiritual – Distorções doutrinárias Etc.

  • O ÚLTIMO SINAL

Os que chegam até o fim.

O evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho as todas as gentes, então virá o fim. Mt 24.13,14.

 

DOIS SINAIS CONCRETOS DA VINDA DO SENHOR INDICADOS EM MT 24.7 E EM LC 21.11 – MERECEM NOSSA MAIOR ATENÇÃO

1° A Possibilidade de uma Terceira Guerra Mundial.

Os poderes químicos bélicos e atômicos de algumas nações, são assustadores. Antes de uma catástrofe mundial, certamente o Senhor virá e arrebatará a sua igreja.

2º – A Produção de Alimentos está Comprometida.

Por causa de alimentos químicos e outros, em decorrência da ganância e da falta de temor a Deus.

Só no século 20 a estatística mundial apresenta mais de 6.500 terremotos que muito tem contribuído para a falta de alimentos.

Lembrando que segundo confiáveis informações, só na segunda guerra mundial ficaram 16 mil hectares de terra desoladas sem mais serventia.

 

O RELÓGIO ESCATOLÓGICO

  1. Israel é o eixo central do programa escatológico divino.
  2. Predição sobre a dispersão de Israel Lv 26.33,36, 37.
  3. As promessas de Deus ao pai da nação israelita, Abraão. Gn 12.1,2, 7; 17.8.
  4. Deus continua fiel as suas promessas Dt 7.9; 32.9-11; Sl 89.1.
  5. Predição da volta de Israel à sua terra Jr 24.6; ez 36.24,28.
  6. A promessa de restauração material e espiritual de Israel Am 9.14,15; Jl 2.28-32; Ez 34.27,28.
  7. A restauração de Israel no “dia da angustia de Jacó” Ez 37.21-28; jr 30.9; Ez 34.23; 5.3,5.

8…. E disse-lhe uma parábola: “Olha para a figueira e para todas as árvores. Quando já começam a brotar, vós sabeis por vós mesmos, vendo-as, que perto está o verão” Lc 21.27,30.

 

DISPERSÃO E REGRESSO DE ISRAEL

Dispersão em agosto de 586 a.C. Nabucodonozor, rei da Babilônia, destruiu Jerusalém e o templo com fogo e exilou o povo na Babilônia, lembrando que o mesmo já havia levado uma boa parte dos judeus cativos.

II Rs 24.20: 25.21: Jr 32.24. A partir dessa data (586) é que se contam os setenta anos de cativeiro de Israel na Babilônia.

REGRESSO – O retorno se deu pelo edito de Ciro (Ez 1.1-4) e Artaxexes (Ed 7) e foi considerado os setenta anos só depois da construção e dedicação do templo em 516 a.C.

Segundo alguns estudiosos este acontecimento tem alguma relação com as setenta semanas de Daniel (Dn 9.24).

Pois ainda veem um cumprimento parcial pelo estabelecimento do estado moderno de Israel, em 1948. Sendo assim, nesse âmbito a profecia terá finalmente o seu cumprimento no reino milenário.

Nossos cursos Online

Curso Básico em Teologia

Curso Médio em Teologia

Curso de Formação Obreiro aprovado

Curso de Escatologia Bíblica (gratuito)

Outros cursos

DUAS REUNIÕES IMPORTANTES NA TERRA DE ISRAEL

1 – A PRIMEIRA.

Diz respeito ao sentimento de volta ao lar que tiveram todos os israelitas dispersos pelas nações. Esse sentimento se tornou forte com o movimento sionista iniciado em 1897 por Teodoro Herzl pouco a pouco, sistematicamente o povo começou a voltar.

Não era simplesmente um sentimento de homem ou de um povo, e, sim, um impulso do Espírito de Deus na mente e no coração de cada judeu disperso, cumprimento da palavra de Deus (Jr 24.6; Ez 36.24-28).

Em 1948, Israel já estava bem instalado na Palestina e a sua proclamação pela ONU como estado foi o clímax da efetivação da promessa divina quanto ao seu retorno.

2 – A SEGUNDA.

Acontecerá no futuro próximo por ocasião da “angustia de Jacó”, conhecida como a grande tribulação (Ap 16.12-21). Esse evento será terrível para Israel e estará mobilizado para a grande batalha do Armagedom.

Os governantes da terra estarão todos reunidos com seus exércitos e armas destrutivas para o maior combate do cenário da história humana, já registrado.

Talvez seja a terceira guerra mundial, haja vista que se acontecer pelo domínio do próprio homem, não sobraráninguém nem que seja pra contar a história, devido à evolução cientifica e tecnológica, mas nesse dia Cristo assumirá o comando e lutará por Israel.

 

A DESTRUIÇÃO PROGRESSIVA DO POVO DO NORTE

1 – Os textos de Ezequiel 38-39 e Jl 2.20

Tratam a respeito da profecia bíblica sobre um bloco de nações ao norte de Israel.

Por causa das etnias dos povos que habitam aquela região vários nomes geográficos podem ser identificados.

Magogue, Meseque, e Tubal – Regiões ocupadas pelos antigos citas e tártaros, as quais hoje correspondem à Rússia. O nome Meseque converteu-se em Moscou mou Moskua. (Ez 38.2,3)

TUBAL – É moderna cidade Rússia de tobolsk em (Ez 38.2) Temos a palavra “chefe” tradução do termo rosh, dando idéia do nome Rússia.

NAS NAÇÕES ALIADAS – Gômer, Togarma, (Ez 38.6) Gômer veio a ser Germânia (atual Alemanha) e Togarma corresponde a Armênia e a Turquia. Em (Ez 38.5).

Destacam-se os Persas, os Etíopes e Pute. Hoje os Persas são o Irã, Os Etíopes a Etiópia e, Pute a Libia.

2 – Queda e Ressurgimento da Confederação do Norte.

É bom entendermos que a queda da antiga união Soviética não significa que a profecia tenha perdida a validade.

Na verdade essa potencia mundial está se levantando e mostrando sua força, quando se esforça para participar das conversações de paz entre Israel e os países árabes, as quais ela sempre apoiou.

Ela perdeu o seu poder sobre o aludido bloco das nações, e alguns estudiosos interpretam essa queda como algo para acontecer em plenitude no futuro. Parte dessa profecia já começou a ter o seu cumprimento porque a Rússia caiu como potência econômica.

3 – A Confederação do Norte Combaterá a Besta na Grande Tribulação.

(Segundo a profecia estudada, o líder de Gogue, colocará seus exércitos contra a autoridade da besta, ou seja, o anticristo (EZ 38.2-6)).

Gogue chefe da terra invadirá a terra de Israel nos últimos dias (EZ 38.8-16) – provavelmente no período da grande tribulação. Os motivos principais para a invasão do “rei do Norte” estão expostos em (Ez 38.11,12).

A ideia de “tomar o despojo e arrebatar a presa” não é difícil entender pelo fato de a antiga União Soviética ter perdido seus principais intelectuais e cientistas (na maioria judeus), os quais retornaram para Israel.

Diz a bíblia que esse invasor será destruído pela intervenção nação divina (Ez 38.20). Nos montes de Israel (EZ 39.4).

Não tem nada a ver com a batalha do Armagedom e a guerra no inicio da “semana profética” de Daniel (Dn9. 27). A batalha do Armagedom se dará no final da “semana” e o seu líder será o anticristo (Zc 12.3).

 

RESSURGIMENTO DO ANTIGO IMPÉRIO ROMANO

Textos Dn 2.33,34, 44; 9.24-27; 7.7,8 24,25; Ap 13.3,7, 17; 12,13. Relativos à profecia sobre uma confederação de nações formadas na área geográfica do antigo império Romano.

1 – O Sentido Duplo da Interpretação.

Essa profecia, numa parte refere-se literalmente aquelas nações adjacentes ao mediterrâneo, as quais formavam o núcleo do império romano e, na outra parte, figuradamente referem-se apenas as características daquele império.

Tal como existiu o Império Romano, também, se levantará um da mesma forma dentro da realidade atual.

2- A União européia, Uma Sombra do Antigo Império Romano.

Especula-se muito sobre a atual União Européia como um retrato dessa confederação profetizada. Não temos base consistente na bíblia para afirmar positivamente.

Mas não podemos evitar o fato de que as características dessa confederação profetizada (Dn 2.33,34, 44). Conferem com a profecia de Daniel.

É perigo fazer suposições e estabelece-as como fatos. Por isso, o aconselhável é ficarmos dentro, dos limites impostos pela profecia bíblica.

Até porque a evidência dos sinais da vinda do Senhor e Salvador JESUS CRISTO em nossos dias é fortalecida pela certeza profética e do seu cumprimento.

3 – Sem Dúvida, Israel é a Figueira Brotando.

 

A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

(ARREBATAMENTO)

I Ts 4.13-18 / Jo 14.3.

1 – DEFINIÇÃO: No português vem do verbo “arrebatar” no latim: “raptar da palavra raptus”, ambas significa tirar com força. No grego vem do verbo “harpazo significa rapidez, algo repentino, e encontramos várias palavras relativas ao arrebatamento, mas destacaremos duas palavras principais”:

PAROUSIA: Literalmente quer dizer “presença”,“chegada rápida”, “visita” ocorre 24 vezes. O seu sentido abrange tanto a vinda de Cristo até ou sobre as nuvens, como também pode referir-se a vinda de Cristo como pessoa a terra, I Co 15.23; I Ts 2.19; 4.13; 5.23; II Ts 2.1; Tg 5.7,8.

EPIPHANÉIA: Literalmente significa “manifestação”, “vir a luz”, “resplandecer”, ou “brilhar” , enquanto “parousia”, abrange a volta de Cristo tanto a igreja e ao mundo, o termo “epiphanéia” já tem um sentido mais especifico a volta pessoal e gloriosa de Cristo a terra I Ts 2.8; I Tm 6.14: II Tm 4.6-8.

Página 16 – Escatologia Bíblica / Pr. Josaphat Batista – Curso gratuito disponível no ctecvidacrista.com.br

 

A SEGUNDA VOLTA DE CRISTO EM DUAS ETAPAS DISTINTAS

1° ETAPA

Cristo virá até ou sobre as nuvens (I Ts 4.17) – será de modo invisível para a terra, porque virá para os seus santos nos ares.

Nessa primeira etapa Cristo virá com poder e voz de arcanjo e arrebatará, num abrir e fechar de olhos a sua igreja redimida pelo sangue (I Co 15.52).

2ª ETAPA

Essa etapa terá o seu cumprimento no final dos sete anos da grande tribulação, onde Cristo irá visível, quando irá destruir o domínio do anticristo e instalar seu reino de mil anos (Ap 19.11: 20.1-6).

É nessa etapa que entra o termo “epiphanéia” denotando a volta pessoal e visível ao mundo rodeado de exércitos no monte das oliveiras (Zc  14.3,4; Ap 1.6,7).

 

QUEM PARTICIPARÁ DO ARREBATAMENTO

O texto de (I Ts 4.13 ss) nos dar um resumo geral dos participantes do arrebatamento da igreja.

O Próprio Senhor Jesus Cristo.

“Porque o mesmo Senhor… Descerá do céu” (I Ts 4.16). Essa expressão (o mesmo Senhor) dada pelo apóstolo Paulo talvez esteja dando ênfase ao Senhorio de Cristo conquistado no calvário.

Também quer dizer que o próprio Senhor dará ordem aos vivos e mortos em Cristo.

O Arcanjo.

Do grego (apxayyeloarkhangelos, principal entre os anjos).

Nas escrituras ocorre somente duas vezes (I Ts 4.16; Jd 9). Miguel é o único arcanjo mencionado na bíblia, e suas atividades são: Comandante de um exército celestial (Ap 12.7). E príncipe da nação israelita (Dn 10.13,21; 12.1).

Nessa última referência Daniel indica que o arcanjo Miguel participará do evento da segunda vinda de Cristo, mui especialmente da “epiphanéia” quando Cristo, rodeado de exércitos celestiais, descerá sobre a terra no monte das oliveiras (Zc 14.3,4; Ap 1.6,7).

Obs.: Os livros apócrifos mencionam supostos companheiros de Miguel, subentendendo-se como de iguais classes e funções: Uriel, Raguel, Zariel e Gabriel. Este último é citado também pelos canônicos, embora apenas com a designação de “anjo” (Dn 8.16; 9.21; Lc 1.19,26).

Os Mortos em Cristo.

A palavra “mortos” diz respeito aos santos que ressuscitaram com corpos transformados em corpo espiritual (soma pneumatikon).

Já os corpos dos ímpios permanecerão em suas sepulturas até o juízo final (Ap 20.12). Do mesmo modo que Deus trouxe Jesus dentre os mortos, o Senhor fará isso com os que antes de participarem creram em Jesus e foram salvos (Rm 10.9).

Os Vivos Preparados.

Os corpos mortais dos vivos serão revestidos de imortalidade, porque nada terreno ou mortal poderá entrar napresença de Deus. Será o poder do Espírito sobre a matéria, isto é, do incorruptível sobre o corruptível (I C 15.53-54).

 

TEORIAS DIVERGENTES ACERCA DA SEGUNDA VINDA DE CRISTO

Apresentaremos aqui algumas teorias existentes, porém destacaremos a primeira que mais se harmoniza com a Bíblia sem contrastes:

Escatologia

Escatologia

Escatologia Bíblica

Escatologia Bíblica

Página 18 – Escatologia Bíblica / Pr. Josaphat Batista – Curso gratuito disponível no ctecvidacrista.com.br

 

CONCLUSÃO

Devemos está vigilantes, preparados para subirmos na 1º etapa da segunda vinda de Cristo, pois aqueles que ficarem nesse grandioso dia, irão padecer se submetendo ao governo do anticristo ou então morrendo para salvar as suas próprias almas.

Que o Senhor nosso Deus nos ajude a cada dia a nos aproximarmos Dele enquanto o dia vai se aproximando.

 

Referências

– A Bíblia Plenitude – E.R.C.

– A Bíblia de Estudos das profecias. E.R.A.

– A Bíblia de Jerusalém.

– A Bíblia Vida Nova.E.R.A – No Brasil.

– Lições Bíblicas da E.B.D. de Jovens e Adultos: 3° Trimestre 1198 – 2° Trimestre de 2005 – 4° Trimestre de 2004.

– Teologia Sistemática – CPAD

– O Plano Divino Através dos Séculos.

– HONTON, Stanler M. Apolipse: As coisas que brevemente devem acontecer. CPAD 2001.

– Uma Perspectiva Bíblica Pentecostal. CPAD, 1995.

– GILBERTO, Antonio. O Calendário da Profecia. CPAD, 2003.

 

Comentário Pastor Josaphat Batista – Pr. Presidente da Assembleia de Deus em Ibotirama-Bahia. Pós-graduado em Docência do Ensino Superior. Bacharel em Teologia convalidado pelo MEC. Membro do CEECRE (Conselho Estadual de Educação e Cultura Religiosa da CEADEB). Diretor da ESTEADI (Escola Teológica da Assembleia de Deus em Ibotirama). Presidente do Conselho de Pastores e Líderes Evangélicos de Ibotirama (CONPLEI). Conferencista, Seminaristas, Escritor e fundador dos Congressos EBD no Campo de Camaçari-Ba.

Publicado no site do CTEC Vida Cristã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *