Latest News

Comentários LB Adultos
A Organização de uma Igreja Local – Dr. Adaylton Almeida

A Organização de uma Igreja Local – Dr. Adaylton Almeida

Prof.  Pr. Adaylton de Almeida Conceição

INTRODUÇÃO

Essa é uma das cartas pastorais escritas pelo apóstolo Paulo. É a mais breve delas. As cartas pastorais são orientações práticas do veterano apóstolo aos seus filhos na fé, Timóteo e Tito, ensinando-lhes a maneira certa de agirem à frente da igreja de Deus, como representantes do apóstolo e pastores do rebanho.

Comentários LB Adultos
A Organização de uma Igreja Local – Ev. Luiz Henrique

A Organização de uma Igreja Local – Ev. Luiz Henrique

Lição 11, A Organização de uma Igreja Local

3º trimestre de 2015 – A Igreja E O Seu Testemunho – As Ordenanças De CRISTO Nas Cartas Pastorais

Comentarista da CPAD: Pr. Elinaldo Renovato de Lima

Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva

NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO

http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm

TEXTO ÁUREO
“Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam e, de cidade em cidade, estabelecesses presbíteros, como já te mandei.”(Tt 1.5).

Comentários LB Jovens
A Superexposição Midiática da Igreja – Escriba Digital

A Superexposição Midiática da Igreja – Escriba Digital

Professores e professoras observem alguns pontos importantes e valiosos para o bom crescimento e desenvolvimento de seu aluno e de sua sala:

1– Procure manter os dados pessoais de seus aluno(a)s sempre atualizados (endereço, telefone, e-mail, redes sociais, etc)

2– Antes de iniciar a aula procure se aproximar de cada aluno de sua classe:

– Cumprimente-os, abrace-os.

– Procure saber como foi a semana de cada um deles, e escute-os.

– Preste bastante atenção se há alguém que precise de algum tipo de atenção ou oração especial.

– Observe se existe algum visitante e/ ou aluno novato e faça-lhes uma apresentação muito especial para que ele sinta-se desejoso de voltar a sua sala.

3– Aconselhamos que antes da aula procure ver com seu secretário o nome dos aniversariantes para que após a aula você possa parabeniza-los, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo ou quem sabe uma simples lembrancinha.

Comentários LB Adultos
A Organização de uma Igreja Local – Francisco A. Barbosa

A Organização de uma Igreja Local – Francisco A. Barbosa

TEXTO ÁUREO

“Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam e, de cidade em cidade, estabelecesses presbíteros, como já te mandei.” (Tt 1.5)

VERDADE PRÁTICA

A igreja local deve subordinar-se à orientação de Deus, através de sua Palavra, que é o “Manual de Administração Eclesiástica” por excelência.

LEITURA DIÁRIA

Segunda – At 18.11 – Um ano e meio ensinando a poderosa Palavra de Deus

Terça – At 18.23 – Indo de um lugar para o outro animando os irmãos

Quarta – Ef 5.19 – Animando os irmãos com salmos, hinos e canções espirituais

Quinta – Mt 28.19,20 – A ordenança do Senhor Jesus para que a Igreja ensine a todos

Sexta – 1 Co 4.1,2 – A fidelidade dos servidores de Cristo Jesus

Sábado – Rm 16.5; 1 Co 16.19 – Saudação aos crentes que se reuniam nas casas dos irmãos

Comentários LB Adultos
A Organização de uma Igreja Local – Renato Bromochenkel

A Organização de uma Igreja Local – Renato Bromochenkel

A Organização de uma Igreja Local – Vamos estudar sobre a terceira carta pastoral de Paulo, destinada a Tito. Se Timóteo foi encarregado de transmitir ensinamentos, exortações e mensagens a uma igreja que sofria os ataques dos falsos mestres, Tito teve missão semelhante, porém com uma incumbência a mais, que foi a de estabelecer presbíteros, “em cada cidade”, pondo “em ordem” coisas que deveriam ser bem organizadas e estabelecidas. Paulo demonstra, na carta a Tito, que não era apenas pregador, ensinador e “doutor dos gentios”, mas, também, um administrador eclesiástico de larga visão ministerial.
Ele sabia avaliar as necessidades da obra do Senhor. E orientou Tito para que selecionasse obreiros cristãos, que podiam ser separados ou consagrados a presbíteros, como líderes que ficariam encarregados da direção de novas igrejas, “de cidade em cidade” (Tt 1.5). Dessa designação é que as igrejas em geral entendem que o cargo ou função de presbítero deve ser local, sendo suscetível de reconhecimento ministerial por parte de outras igrejas. Chama a atenção, mais uma vez, nas cartas pastorais, o cuidado de Paulo quanto às qualificações a serem exigidas para ó~exercício das funções ministeriais, em especial, no caso dos presbíteros.
Pages