Oração e Recomendação às Mulheres Cristãs – Pr. Adilson Guilhermel

Oração e Recomendação às Mulheres Cristãs – Pr. Adilson Guilhermel

Texto Áureo: Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens. I Timóteo 2.1
Leitura Bíblica em Classe: I Timóteo 2.1-5,9-11

Introdução: Dentre as várias orientações e instruções que o apóstolo Paulo enviou a Timóteo através dessa carta, está também bem enfatizado a questão do nosso meio de comunicação com Deus, o qual é algo que não pode faltar na vida do crente. Esse meio de comunicação com Deus envolve súplicas, orações, intercessões e ações de graça. O crente que não usa, ou usa pouco esses meios de comunicação com Deus, nunca poderá afirmar que tem comunhão com Ele. Nos cultos que prestamos e oferecemos a Deus, esses meios de comunicação com Ele são essenciais nas preliminares que antecedem o andamento do culto. É observado que alguns crentes evitam esses momentos tão importantes retardando a sua entrada no culto para evitar fazer parte do período de oração. Alguns mesmo chegando ao período de oração, não são capazes de se juntar com os que oram, e não dão a mínima importância do valor e o poder que a oração tem diante de Deus. Se a oração de um justo pode muito em seus efeitos, imaginem a oração de muitos justos compartilhando entre si dentro de um mesmo propósito. Paulo também transmite a Timóteo orientações em relação ao comportamento das mulheres no culto, e também o instrui a respeito das suas indumentárias. Precisamos ampliar a visão e o entendimento a esse respeito para os nossos dias, procurando estudar sobre as condições, cultura, lugares daqueles tempos e dos tempos atuais. Isso não significa que para os nossos dias exista qualquer liberdade voltada a sensualidade ou lascívia na questão das vestimentas. Quem doutrina dentro desta área, não pode doutrinar do exterior para o interior e sim do interior para o exterior. Deus é Espírito e opera pela Sua palavra pelo nosso espírito, isso significa que existe doutrinas específicas para termos uma conduta exterior santificada e isso acontece quando a palavra é ministrada ao nosso espírito. Se a palavra for ministrada para o nosso exterior, então essa palavra não é de Deus e sim do homem. Existem no meio eclesiástico alguns líderes que agem radicalmente na questão da indumentária das mulheres impondo jugos ameaçadores, proibindo as mulheres de cortar o cabelo; de usar adornos; de usar calças compridas; determinam o comprimento dos vestidos; proíbem cortar pelos das pernas e axilas e outras aberrações estúpidas, tudo isso por falta de entendimento da Palavra de Deus. Há outros líderes que são liberais ao extremo, onde é proibido proibir, isto porque não pregam a sã doutrina, e como isso as suas reuniões são um desfile de sensualidades. A igreja é um lugar de ordem e decência, onde devemos guardar os nossos pés quando entrarmos na casa do Senhor.

I – ORAÇÃO É UMA FERRAMENTA PODEROSA PARA O CRENTE USAR
1. A igreja deve fazer súplicas a Deus pelos governantes da nação – Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; 1 Timóteo 2.2

O nosso país vive momentos difíceis causados por maus governantes, ou seja, a presidente, alguns senadores, alguns deputados, e o que também é muito grave, alguns da própria corte maior. Tudo o que estamos vendo a respeito desses, tem gerado revoltas pelos seus comportamentos parciais para se favorecerem entre eles. Diante dessas condições até evitamos estar suplicando por eles, com a idéia de que eles não merecem as nossas suplicas por causa dos seus comportamentos ilegais. Porém é preciso entender que tudo isso não envolve somente um caráter corrupto desses governantes, pois por trás de tudo isso estão as entidades malignas, tais como, os dominadores e principados que agem para que eles se aprofundem mais e mais nas suas práticas delituosas. Assim o país sofre, o povo sofre e todo tipo de desgraças acontece. Agora se todo o corpo de Cristo tivesse a consciência do poder que têm as nossas súplicas e combatessem conjuntamente essas entidades malignas, como também os governantes corruptos, muita coisa poderia mudar para o bem do povo.

2. A igreja deve fazer orações abrangendo petições diversificadas – Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, Efésios 6:18
As nossas orações não podem ser apenas exclusivistas, pois não é assim que a bíblia nos ensina. A bíblia diz para orarmos uns pelos outros mostrando assim que a oração também deve ser direcionada não somente em causa própria, como também nas causas e necessidades alheias. Devemos orar em nosso favor e também por todos os homens, pela humanidade em geral, por pessoas específicas que necessitam ou pedem as nossas orações. Quando alguém nos faz um pedido de oração, não podemos ignorar sob hipótese alguma, pois em todas essas coisas, Deus está atento.
3. A igreja deve fazer intercessões pelas necessidades do mundo – E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei. Ezequiel 22:30

Deus procura homens e mulheres valentes que defendam as coisas do reino, se colocando sempre nas brechas dos muros e confrontem o inimigo com toda coragem combatendo sempre o bom combate. É bom saber que há muitos homens e mulheres que se predispõe sempre com toda intrepidez a resistir os males desse mundo. O Senhor busca intercessores que clamem a Ele pela sua graça e misericórdia. Algo que decepciona o Senhor, é que o crente arranja tempo para uma infinidade de coisas ou afazeres, menos para a oração intercessora.
4. A Igreja deve fazer ações de graça pelas suas misericórdias – Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 1 Tessalonicenses 5:18
Jesus disse que no mundo teremos aflições, mas disse também que nas aflições tenhamos bom ânimo, pois Ele venceu o mundo e nos deu condições para vencermos também. É comum no crente quando passa por problemas ou dificuldades reclamar, murmurar e até duvidar do que Deus pode fazer. O apóstolo Paulo que sempre passava por grandes aflições e perseguições, nunca deixava de dar graças ao Senhor, como também escreveu a Igreja de tessalônica a não murmurar ou reclamar da vida, e sim dar graças tanto nos bons momentos, como nos maus momentos.

II. SALVAÇÃO PARA É PARA TODOS E EXIGE UMA VISÃO UNIVERSAL
1. O propósito do Senhor é para que todos os homens se salvem – Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. 1 Timóteo 2.4
É preciso ter compreensão do amor de Deus pela humanidade e, é essa compreensão que nos preocupará em dirigirmos as nossas orações por todos os homens. Uma forte razão de nos preocuparmos em orar por todos os homens é que há um só Deus, e só esse Deus tem o poder de libertar, perdoar e salvar o homem. Há um só Deus, um só Senhor e um só batismo, e esse único Deus quer que todos os homens se salvem, pois Ele não deseja a morte, nem a destruição de ninguém. Ele demonstra a sua boa vontade para como todos, sem acepção de pessoas, e ninguém irá perecer na eternidade, a não ser pela sua própria culpa.

2. Os frutos da evangelização exigem o árduo trabalho missionário – Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste! Mateus 23.37

Jesus o maior missionário que já existiu pregou o evangelho oferecendo tantas oportunidades de salvação, não somente Ele, pois muitos outros o antecederam. Assim Jesus profere uma lamentação expressando o seu sincero amor por Jerusalém expondo a sua tristeza pela rejeição do povo aos seus mensageiros. Os líderes de Jerusalém eram os grandes culpados quanto ao impedimento dos mensageiros de Deus, os quais levaram a morte muitos deles e o próprio Senhor Jesus Cristo. Essa rejeição a mensagem do Evangelho atravessou vários tempos, porém sempre houve e deve haver o trabalho corajoso daqueles que semeiam a palavra de Deus, na qual todos nós estamos inseridos.

3. A melhor recompensa está reservada aos ganhadores de almas – Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. Salmos 126:6

Uma grande tristeza quando se evangeliza uma alma, é ela rejeitar o convite para conhecer e aceitar a Cristo. Mesmo com o sentimento de dever cumprido por termos feito a nossa parte, sempre fica em nosso coração uma tristeza quanto a rejeição daquilo que pregamos. Mas como diz o salmista, a palavra é uma preciosa semente, da qual não podemos desistir de levar. Essa semente que é a mensagem do Evangelho vai encontrar vários tipos de solos como ilustra a parábola do semeador. Algumas sementes vão vingar e outras não, porém o importante é que não venhamos a negligenciar nesse dever que todos nós temos. Vai haver tristeza, é certo que vai, mas também vai haver alegria pelos resultados alcançados, isto porque tem muitas almas com propensão a salvação e que precisam é só receber a semente no seu coração.

III. AS MULHERES DEVEM SE CUIDAR QUANTO A SUA INDUMENTÁRIA
A mulher cristã deve se vestir com um traje honesto, com pudor
– Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, 1 Timóteo 2.9

O apóstolo Paulo também instrui a Timóteo a respeito da conduta e comportamento das mulheres na Igreja. Quanto a vestimenta, ou aos adornos é preciso entender que a Igreja não é uma passarela de desfiles de moda. A recomendação do apóstolo quanto aos adornos envolve uma questão de desigualdade entre as mulheres, provocadas pelo que elas usavam. É fato que em toda Igreja há aqueles que têm mais posses e os que têm menos posses. No caso a que tinha mais posses investiam em adornos caros para se produzir, coisas que as de menos posses não tinham condições de adquirir. Assim nessa desigualdade brotava nas que tinham mais posses um sentimento de superioridade humilhando assim a de menos posses. Em nossos tempos isso também acontece isso. Quem vai a Igreja para ostentar os seus luxos, na realidade não foi para prestar culto ao Senhor.

2. A mulher cristã que é séria sabe se trajar com toda simplicidade – O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, I Pedro 3.3a.

Não deve haver qualquer tipo de censura quanto a mulher se vestir bem, cuidar dos seus cabelos, ou usar algum adorno. Isso não pode ser censurado, o que é censurado é quando se enfeita para ostentar diante das outras irmãs. Muitos pastores que pregam a doutrina do homem, ou seja, quer corrigir as mulheres da Igreja pela intimidação e também com punições quanto a sua maneira de se adornar. Muitos usam esse texto da carta de Pedro, para impor as suas proibições, não interpretando o que o texto está exortando. As mulheres daqueles tempos e também dos nossos tempos atrasavam-se em ir para os cultos cuidando exageradamente da sua aparência e o apóstolo Pedro faz essa censura, não proibido os seus enfeites e sim para que elas priorizassem o culto e não a sua aparência.

3. A mulher cristã deve evitar usar vestes com intenções sensuais – na compostura dos vestidos; I Pedro 3.b.

A compostura dos vestidos aposta para o lado da sensualidade, pois uma mulher com vestimentas sensuais quer queira, quer não, sempre irá despertar a atenção para si, com olhares de desejo, ou de reprovação. A mulher cristã que procura se exibir desta maneira incorre no pecado de lascívia classificada como obra da carne e condenada pela bíblia. Alguns pastores numa interpretação errônea da bíblia proíbem o uso de calça comprida pelas mulheres baseados nesse texto: (Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus. Deuteronômio 22:5), Ai fica a pergunta: naquele tempo o homem usava calça comprida? É evidente que não, pois todos, tanto homens como mulheres usavam vestidos. A proibição nesse texto envolve simplesmente a cor das vestes e alguns detalhes, que tinham que ser diferenciadas. A mulher tanto pode usar vestidos como também calças compridas, o que não pode é usar de sensualidade nas vestes.

IV. NO CULTO AS MULHERES E OS DEMAIS DEVEM TER REVERÊNCIA

1. O silêncio no culto significa dar toda a atenção a palavra de Deus – A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. 1 Timóteo 2.11

Nos cultos daqueles tempos em que o povo se reunia para adorar a Deus, os homens tinham prioridade em se assentar nos primeiros lugares e as mulheres ficavam assentadas nos últimos lugares. Como não tinha os recursos eletrônicos de hoje, ou seja, caixa de som e microfone, os homens que se assentavam mais a frente tinham mais condições de ouvir a palavra do que as mulheres. Porém elas também queriam ouvir o que se estava pregando, e como isso acabavam fazendo perguntas daquilo que não entendiam ou não conseguiam ouvir e isso no andamento do culto. Assim com esse comportamento provocavam alguma perturbação no culto. Foi recomendado que elas não fizessem isso no andamento do culto, e o que não entendessem tirassem as suas dúvidas com os seus maridos quando chegassem em casa. As interpretações errôneas dessa instrução provocaram muitas barreiras impedindo a mulher de ser usada na obra, tanto para ensinar como pregar a Palavra de Deus.
2. As mulheres no Novo Testamento foram muito úteis para o Senhor – E Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, e Suzana, e muitas outras que o serviam com seus bens. Lucas 8:33.

Jesus durante o seu ministério foi servido por várias mulheres, sem qualquer tipo de reprovação da parte dele. Elas tiveram um papel muito importante em todo o ministério de Cristo atuando sempre com muita discrição, mas sempre de grande valia. Tem muito pastor que tem a mentalidade machista dos judeus daqueles tempos, que colocavam a mulher numa condição totalmente subalterna de desprezível. Jesus honrou as mulheres, assim como em mais destaque entre os apóstolos, Paulo também honrou, e foi muito ajudado por várias mulheres em seu ministério apostólico. Em nossos tempos os pastores com mais entendimento da palavra tem honrado as mulheres em seus ministérios e estão corretíssimos quanto a isso.
3. A liderança do homem não significa estar subjugando as mulheres – Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; Efésios 5:22

Na sujeição a Cristo por parte da mulher está o modelo de sujeição ao seu marido. Cristo não trata nenhuma das suas servas em regime de escravidão ou coisa parecida, assim o marido não pode tratar sua mulher em regime de escravidão ou opressão. A obediência ou sujeição da mulher ao seu marido está condicionada a similaridade do tratamento que Cristo dá as mulheres. Se ambos vivem sob o mesmo senhorio de Cristo, a relação entre os dois certamente será harmoniosa. Se há respeito no relacionamento por parte do marido, então ela deve ser sujeita a ele, como é sujeita a Cristo, agora, se não há respeito ou honra no relacionamento então ela não lhe deve sujeição, até que ele aprenda a se colocar na posição de um verdadeiro marido.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

Publicado no site Esboços da EBD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *