Novos Céus e Nova Terra – Pr. Adilson Guilhermel

Novos Céus e Nova Terra – Pr. Adilson Guilhermel

Texto Áureo: “Porque eis que eu crio céus novos e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão.” (Is 65.17)

Leitura Bíblica em Classe: Apocalipse 21.1-5,24-27

NOVOS CÉUS E NOVA TERRA O MARAVILHOSO PROJETO DIVINO

Introdução: Apesar de o reino milenar ser um reino onde a longevidade voltará a acontecer como foi no período antediluviano, é certo que haverá mortes, tanto daqueles que pecarem e forem punidos com a morte, como também daqueles que morrerem sem pecar. Os que morrerem salvos não irão a juízo, pois somente irão a juízo todos os pecadores desde o princípio do mundo até o seu final. (“E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.” (Dan. 12:2). Esse texto nos dá uma compreensão a respeito desse ponto de complexo entendimento. No dia do arrebatamento haverá a primeira ressurreição de todos os salvos do A.T. e dos salvos que é igreja de Cristo, que terão os seus corpos glorificados. Os que estiverem vivos serão transformados e também com corpos glorificados. A outra ressurreição com corpos glorificados será dos mártires da grande tribulação, porém não existe indicação que os mortos salvos do milênio terão corpos glorificados. Pelo texto de Daniel 12.2 que fala de ressurreição de mortos salvos para a vida eterna e dos perdidos para punição eterna entende-se que esses salvos serão ressuscitados e juntar-se-ão aos vivos que habitarão nos novos céus e nova terra. Nesse caso gozarão da eternidade física e habitarão nesta terra que será transformada num grande Jardim do Éden.

1 – O ÉDEN GLOBAL SERÁ IMPLANTADO PARA OS SALVOS DO MILÊNIO – Apocalipse 21.1 E VI um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

No princípio quando Deus criou o jardim do Éden para Adão e Eva habitarem era um espaço limitado. Com o agir de Satanás levando o homem a pecar, esse lugar foi desfeito, porém esse lugar era apenas um protótipo de algo não local, mas global como será a nova terra. No tempo antediluviano não havia chuva, apenas um vapor que subia pela evaporação, a qual regava o solo em forma de orvalho, proporcionando uma excepcional fertilidade. Isso era o suficiente para a preservação das espécies animal e vegetal. Havia uma grande expansão de água que circundava o globo terrestre juntamente com a camada de ozônio, que é o que resta na proteção da terra. Na ocasião o dilúvio rompeu-se esse imenso dossel de água acumulado em volta do globo terrestre precipitando-se de uma única vez sobre a terra por um período de quarenta dias. Essa precipitação inundou toda a terra cobrindo os mais altos montes exterminando toda vida animal, com exceção aos que se encontravam dentro da arca. Esse dossel precipitado sobre a terra proporcionou a separação dos continentes, que antes eram ligados por terra, mas que foram desagregados progressivamente. Antes do dilúvio o clima era único, ou seja, não havia as quatro estações. Isso só veio a acontecer após o dilúvio. (Enquanto a terra durar, sementeira e sega, e frio e calor, e verão e inverno, e dia e noite, não cessarão. Gênesis 8:22). Com o clima único não havia fermentação e Noé podia beber o seu suco de uva sem alteração, porém após do dilúvio passou a haver fermentação e foi quando Noé foi beber o seu suco desconhecendo que estava agora com teor alcoólico ficou bêbado. A nova terra não será mais dividida pelos grandes oceanos, pois não existirão mais e todo espaço ocupado por eles voltará a ser área de terra, a qual será fertilizada pelo mesmo vapor que saia do solo. O dossel voltará a se acumular em volta do globo proporcionando novamente um clima único. Assim os habitantes dessa nova terra gozarão de todos os benefícios que Adão tinha antes de pecar. A declaração “o mar já não existe” não significa a inexistência de água e sim que a terra será organizada de outra maneira no que diz respeito a suas águas. Três quartos do planeta consistem de água, mas não será o caso na eternidade. Alguns por causa da imensidão dos oceanos chegam a chamar de planeta água, mas nesse tempo será chamado no sentido total de planeta terra.

2 – A NOVA JERUSALÉM NO ESPAÇO SERÁ A CAPITAL DO REINO TERRENO – Apocalipse 21.2 E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.

A magnitude da Jerusalém celestial que desde o início do período milenar foi posicionada em órbita fixa no espaço sobre a Jerusalém terrena continuará nesta posição também sobre a nova terra. A confirmação do posicionamento da Nova Jerusalém no espaço está configurada nas suas dimensões idênticas, tanto na sua largura, altura e comprimento, a qual tem a medição de 2.220.000 km. Portanto seria impossível ela ser posicionada em lugar da Jerusalém terrena, como defendem alguns. A Jerusalém Celestial é um posto avançado do céu celestial onde a igreja estará habitando, como também servindo ao Senhor no seu reinado eterno nesses novos céus e nova terra. Adão no seu estado de inocência era um tipo de Cristo e seria o governante da terra partindo do jardim do Éden. Porém tendo pecado caindo na cilada armada pelo Diabo, ele perdeu esse governo e o Diabo passou a ter o domínio da terra por possessão. Com a sua derrota imposta por Cristo, ele perderá essa possessão e Cristo será o único governante de todo o mundo.

3 – DEUS VAI SE RELACIONAR COM O HOMEM COMO FAZIA COM ADÃO – Apocalipse 21.3 E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.

Todos os habitantes dessa nova terra estarão na mesma condição de Adão antes do pecado, ou seja, totalmente santificados e puros. É nessa condição de cem por cento puros, que gozarão da imortalidade física e Deus poderá se relacionar com eles como fazia com Adão no seu estado de inocência. O antigo tabernáculo era um meio de Deus manifestar-se entre os homens, não de uma forma plena por causa do pecado, pois de uma forma plena como simples mortais eles não conseguiriam resistir a sua presença. Agora na nova terra Deus armará a sua tenda entre os homens, de modo apropriado ao seu estado de eternidade em total estado de pureza. Em Ezequiel 37.27 diz: O meu tabernáculo estará com eles; eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Essa profecia não é para a igreja e sim para o povo da descendência de Abraão, os quais serão os habitantes dessa nova terra em estado de imortalidade física. Deus estabelecerá a sua residência entre os homens, pois agora são seus filhos imortais e pertencem a mesma família. Antes o pecado mantinha Deus distante, mas agora nessa condição ele não estará mais distante e sim entre eles.

4 – O HOMEM SERÁ ETERNO FISICAMENTE E LIVRE DE TODO SOFRIMENTO – Apocalipse 21.4 E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

Não haverá mais lágrimas por morte, porque a morte não existirá mais, assim como por doenças, dores, fomes, velhice ou qualquer outro tipo de necessidade. Será um reino de plena felicidade com o homem em total harmonia com a fauna e a flora. Esses povos nesse estado de eternidade estarão livres de todas as dificuldades e problemas. Todos os efeitos anteriores causados pelo pecado terão sido eliminados. Nessa terra não permanecerá nenhum sinal, ou lembrança de sofrimentos anteriores. Todas as causas de sofrimentos futuros serão removidas para sempre. Não haverá mais morte, nem dor, e, por isso, nem pranto, nem clamor, que são coisas ligadas ao estado em que estavam antes, mas agora… as primeiras coisas são passadas.

5 – ESSA TERRA SERÁ DESTRUIDA PARA SE TORNAR UMA NOVA TERRA – Apocalipse 21.5 E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.

Deus faz novas todas as coisas revelando assim a finalização do seu projeto em relação aos novos céus e nova terra. Isso porque a era antiga de Satanás terá se acabado para sempre. A nova era de Deus finalmente será estabelecida, com Satanás e todos os anjos caídos devidamente castigados e lançados no lago de fogo para sempre juntamente como todos os pecadores. Os remidos da dispensação milenar passarão a desfrutar uma eternidade de bem-aventurança numa terra totalmente refeita e restaurada.

6 – OS SALVOS DO MILÊNIO ANDARÃO SOB A LUZ DE CRISTO E O HONRARÃO – Apocalipse 21.24 E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra.

Nessas nações que habitarão na nova terra, incluem-se Israel, os descendentes de Agar e Quetura, procedentes de Abraão. É possível também estar nessa nova terra, algumas nações que não pertencem a essa linhagem, mas que ganharam esse direito aceitando Cristo no período da grande tribulação. É lógico que nenhum desses povos faça parte da igreja glorificada, mas fazem parte daqueles que foram escritos no livro da vida por ocasião do retorno de Cristo a terra. Essas nações se tornarão imortalizadas e ocuparão essa nova terra. Isso significa que serão imortais, embora ocupando uma posição inferior a igreja que foi glorificada. Os povos da nova terra receberão a luz da parte de Cristo, sendo iluminadas por ele e corresponderão lhe rendendo glórias e louvores.

7 – AS PORTAS DA JERUSALÉM TERRENA ESTARÃO SEMPRE ABERTAS –   Apocalipse 21.25 E as suas portas não se fecharão de dia, porque ali não haverá noite.

Todos os povos terão acesso constante a Jerusalém terrena, a qual será a capital dessa nova terra e o centro de adoração de todos. Os seus portões ao contrário da antiga Jerusalém que eram fechados estarão sempre abertos para que eles tragam glória e honra ao Senhor Jesus Cristo. Será a Jerusalém das portas abertas para todos os peregrinos que tenham querido viajar para a cidade santa. Nessa cidade não haverá estrangeiros, pois todos serão vistos como irmãos em Cristo. Não haverá noite, pois a Jerusalém celestial em órbita fixa no espaço fornecerá uma luz mais intensa que o sol ou a lua. (E a lua se envergonhará, e o sol se confundirá quando o Senhor dos Exércitos reinar no monte Sião e em Jerusalém, e perante os seus anciãos gloriosamente. Isaías 24:23).

8 – TODOS SERÃO ADORADORES E VIRÃO HONRAR JESUS EM JERUSALÉM – Apocalipse 21.26 E a ela trarão a glória e honra das nações.

As nações viverão sob a luz dessa cidade, pois a luz de Cristo estará permanentemente sobre eles. Virão com prazer intenso, pois a entrada em Jerusalém será totalmente convidativa. Ela promoverá o bem estar espiritual e todos sentirão a necessidade de vir até ela. Ninguém virá forçado, por obrigação ou curiosidade, muito pelo contrário, ela será buscada porque a presença de Deus será forte e sentida por todos que nela entrarem.

9 – A CIDADE SANTA NUNCA MAIS SERÁ CONTAMINADA PELO PAGANISMO – Apocalipse 21.27 E não entrará nela coisa alguma que contamine e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.  

A Jerusalém anterior tem um histórico forte de contaminação pelo paganismo, desde que passou a ser habitada pelos hebreus. Havia tempos em que os cerimoniais sagrados eram feitos no agrado de Deus, mas isso nunca perdurava por muito tempo. Já na nova Jerusalém onde estará o novo templo, não haverá qualquer tipo de corrupção, pecado, heresias, apostasias, idolatria, ou qualquer tipo de abominação. Muitos ao final do reino milenar irão aderir a satanás quando ele for solto e essa mudança de conduta de infidelidade a Cristo será terrível para eles, pois terão os seus nomes riscados do livro da vida. Porém, os que permanecerem fiéis a Cristo terão os seus nomes mantidos no livro da vida e ganhará o direito da eternidade física nessa nova terra, como também o direito de entrar na cidade de Jerusalém.

Elaborado pelo Pastor Adilson Guilhermel

Publicado no site Esboços da EBD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.