Isaque, um Caráter Pacífico – Sulamita Macedo

Isaque, um Caráter Pacífico – Sulamita Macedo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Lição 04: Isaque, um caráter pacífico

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).

Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:

– Apresentem o título da lição: Isaque, um caráter pacífico.

– Escrevam a palavra “pacífico” e perguntem qual seu significado.

Aguardem as respostas. Se necessário, apresentem o significado do dicionário: Tranquilo; indivíduo que busca viver em paz; quem vive ou adora viver em paz, sem conflitos.

– Falem: Agora, vamos saber porque Isaque tinha esse traço de personalidade. O que conhecemos da história de Isaque, dentro deste contexto?

Deixem que os alunos relatem, mas com uma condição: a informação que um aluno falar não poderá ser repetida por outro colega. Isto promoverá mais atenção e o relato da história não tomará muito tempo.

– Trabalhem o conteúdo da lição, oportunizando a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.

– Para concluir, utilizem a dinâmica “Promessa de Deus”.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Atenção! Professores da classe dos novos convertidos:

Vocês encontram sugestões para a revista Discipulando do 1o. ao 4o. ciclo, no marcador “Discipulando”, deste blog.

Para a revista 1 e 2 do Discipulado, vocês encontram no marcador “Subsídio Pedagógico Discipulado 1” e “Subsídio Pedagógico Discipulado 2”, do currículo antigo. Façam bom proveito!

Dinâmica: Promessa de Deus

Objetivos:

Refletir sobre o cumprimento das promessas divinas na vida de Isaque.

Renovar a esperança e a fé nas promessas de Deus.

Material:

01 folha de papel ofício dividida ao meio por um traço e caneta para cada aluno.

Procedimento:

– Perguntem o que significa a palavra “Promessa”.

Segundo o Dicionário Michaelis é  “1. Ato ou efeito de prometer. 2 Declaração pela qual alguém se obriga, pela fidelidade e pela justiça, a fazer ou deixar de fazer alguma coisa”. Há outros significados.

– Falem acerca da importância do cumprimento das promessas a nível terreno. Também reflitam sobre do incômodo causado quando há falhas nas promessas e o estado de felicidade promovido por uma promessa cumprida.

Vocês já passaram por alguma dessas situações?

Vocês ocasionaram ou foram vítima?

– Agora, afirmem: O ser humano é falho, mas Deus não falha em suas promessas.

Leiam Nm 23.19: “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?”

– Falem:

Vocês têm esperado por muito tempo por uma ou mais promessas divinas para sua vida?

Vocês encontram-se desencorajados? Sem fé? Sem forças? Calma!

Lembrem-se do que Deus já fez por vocês!

– Entreguem uma folha de papel ofício para cada aluno divida ao meio por um traço.

– Solicitem aos alunos que escrevam do lado esquerdo as promessas que ainda não foram cumpridas.

– Falem: Lembrem-se do que Deus já fez por você! Façam do lado direito da folha, uma lista das situações que Ele cuidou e providenciou socorro para você! Observem o quanto Deus já fez por vocês. Firmem-se em Suas promessas!

– Concluam, lendo:

“O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia…”(2 Pedro 3:9a).

“Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre”(Salmo 125:1).

Por Sulamita Macedo.

Publicado no blog Atitude de Aprendiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *