Ética Cristã, Vícios e Jogos – Sulamita Macedo

Ética Cristã, Vícios e Jogos – Sulamita Macedo

Lição 11: Ética Cristã, Vícios e Jogos

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).

Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:

– Apresentem o título da lição: Ética Cristã, Vícios e Jogos.

– Para iniciar o estudo do tema, apliquem a dinâmica “A Teia”.

– Ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Atenção! Professores da classe dos novos convertidos:

Vocês encontram sugestões para a revista Discipulando do 1o. ao 4o. ciclo, no marcador “Discipulando”, deste blog.

Para a revista 1 e 2 do Discipulado, vocês encontram no marcador “Subsídio Pedagógico Discipulado 1” e “Subsídio Pedagógico Discipulado 2”, do currículo antigo. Façam bom proveito!

Dinâmica: A Teia

Objetivo:  Refletir sobre as artimanhas e ciladas do inimigo, para destruir a nossa vida espiritual, familiar e social, através dos vícios e jogos.

Material: um novelo de lã ou cordão

Procedimento:

– Organizem os alunos em círculo.

– Entreguem o novelo de lã ou cordão para um aluno, solicitem que pegue a ponta do cordão, enlore no dedo e jogue para qualquer pessoa do círculo que está a sua frente. O que pegou o novelo, segura o cordão e joga para outro colega até o último aluno.

– Ao terminar, você verão uma formação de uma teia.

– Então, perguntem: Para que serve uma teia de aranha?

Espera-se que os alunos falem que a aranha tece a teia para servir de armadilha para pequenos insetos e depois devorá-los.

– Perguntem: O que isto pode representar para nossa vida cristã? Cair na teia e ser devorado pelos vícios e jogos?

Aguardem as respostas.

– Depois solicitem que os alunos soltem a teia no chão e desembaracem os fios. Certamente haverá dificuldade.

– O que isto pode representar?

Ficar embaraçado com as coisas do mundo não deve ser o desejo nosso, e quem já se encontra viciado, isto é, preso na teia, tem dificuldade de sair. Por isso, devemos ter cuidado, Deus pode nos dar força para resistir as ciladas do inimigo, como os vícios e os jogos.

Por Sulamita Macedo.

Dinâmica: Ética Cristã

Objetivo:

Concluir o estudo sobre ética cristã em oposição as questões morais do nosso tempo.

Material:

01 esponja

01 filtro de papel

Procedimento:

– Falem: Estamos concluindo o estudo sobre ética cristã que tem sido desafiada e confrontada pelos valores mundanos atuais.

– Peçam para que os alunos citem as ideias estudadas em cada lição.

Acrescentem algumas que porventura os alunos tenham esquecido de falar.

– Apontando para os temas estudados, falem: Somos bombardeados diariamente com uma enorme quantidade de ideologias, mas podemos confrontá-las de acordo com a palavra de Deus.

– Apresentem para a turma a esponja e falem:

Há pessoas que são como esponjas, que absorvem tudo que ouvem do sistema mundano ou o que são apresentados como argumentos para convencimento, como se fosse algo natural.

Mas, a Bíblia adverte: “Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!”(Isaías 5:20).

– Agora, apresentem um filtro de papel e perguntem:

Para que serve um filtro de papel?

Aguardem as respostas.

– Depois, falem: Sabemos que um filtro serve para reter aquilo que não se deseja que permaneça no que está sendo coado. Isto nos remete as ideologias que estamos sendo propagadas e tidas como verdades, mas que precisam ser analisadas e passar pelo filtro da ética cristã, que está embasada na Palavra de Deus.

A Bíblia nos ensina: “Examinai tudo. Retende o bem”(I Tessalonicenses 5:21).

– Para concluir, falem em que cada tema estudado, as informações foram analisadas e só podemos absorver e deixar passar pelo filtro aquilo que é bom e que está de acordo com a palavra de Deus; as demais coisas devem ser rejeitadas. Que Deus nos dê sabedoria diante da ética mundana, para que continuemos sendo “luz do mundo” e “sal da terra”.

Por Sulamita Macedo.

Publicado no Blog Atitude de Aprendiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.