A Epístola aos Romanos – Sulamita Macedo

A Epístola aos Romanos – Sulamita Macedo

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).

Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Em seguida, façam a panorâmica do trimestre. Para tanto, apresentem os seguintes pontos:

Tema: Maravilhosa Graça – O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

Capa:

O que vemos?

A sombra de uma cruz e duas mãos abertas

O que isto tem a ver com o tema?

O alcance da graça de Deus através da salvação efetuada na cruz em favor da humanidade.

Comentarista: Pastor José Gonçalves

Apresentem informações sobre ele, vejam na sessão “Interagindo com o Professor” da lição 01.

Se possível, mostrem uma foto dele.

Lições do trimestre – apresentem da seguinte forma:

Ler os títulos das lições de forma alternada com 02 grupos de alunos

1- A Epístola aos Romanos

2- A Necessidade Universal da Salvação em Cristo

3- Justificação, somente pela fé em Jesus Cristo

4- Os Benefícios da Justificação

5- A Maravilhosa Graça

6- A Lei, a Carne e o Espírito

7- A Vida Segundo o Espírito

8-  Israel no Plano da Redenção

9- A Nova Vida em Cristo

10- Deveres Civis, Morais e Espirituais

11- A Tolerância Cristã

12- Cosmovisão Missionária

13- O cultivo das relações interpessoais

07 – Em seguida, utilizem a dinâmica “Viajando para Roma”.

08 – Agora, trabalhem a lição 01: A Epístola aos Romanos.

Antes da aula:

– Façam uma cópia da carta aos Romanos, escrevam a data 56 e 57 d.C., e o local onde foi escrita – Corinto(província romana) e coloquem dentro do envelope.

Escrevam o nome Paulo no remetente.

O destinatário: Igreja de Roma

Durante a aula:

– Fixem o envelope no quadro ou em outro local visível para os alunos.

– Solicitem que os alunos abram a Bíblia na carta de Paulo aos Romanos e façam um pequeno “tour” pela carta.

Falem sobre a quantidade de capítulos que são 16 e conclamem os alunos para que leiam esta carta durante esta semana que se inicia.

– Depois, apresentem um mapa da Europa e mostrem a localização da cidade de Roma.

Leiam o texto pedagógico “A utilização de mapas nas aulas da EBD” e saibam como utilizar melhor esta ferramenta a favor do ensino e da aprendizagem.

– Apresentem as características da cidade.

– Falem como o evangelho chegou a Roma através de Paulo.

– Para concluir,  peguem e abram o envelope, apresentem as informações contidas na carta, como remetente, destinatário, data, local da escrita e propósito.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Viajando para Roma

Objetivo:

Introduzir o estudo sobre a carta de Paulo aos Romanos.

Material:

01 figura de um navio ou 01 barco pequeno

01 figura de uma mala ou 01 malinha

Procedimento:

– Apresentem para a turma a figura de um navio ou um barco pequeno.

– Perguntem para os alunos o que isto tem a ver com o tema da aula.

Aguardem as respostas.

– Falem: Nesta aula, vamos estudar sobre a carta de Paulo aos Romanos, que para se deslocar e evangelizar ele usava transporte marítimo – navio.

– Falem: Então, vamos viajar com Paulo?

– Em seguida, apresentem uma malinha.

– Perguntem: O que não pode faltar na mala desta viagem?

Aguardem as respostas.

Escrevam as sugestões dos alunos num papel e coloquem nesta mala. Nela não pode faltar oração, fé, entusiasmo etc.

– Agora, comecem o estudo da lição.

Por Sulamita Macedo.

Texto Pedagógico

A utilização de mapas nas aulas da EBD

Os mapas são representações do espaço geográfico, geralmente planos, e também de aspectos históricos e servem de ferramenta de ensino para contextualizar o tema em estudo, promovendo facilitação no processo de ensino e aprendizagem.

A utilização de mapas nas aulas da EBD é importante quando há necessidade de apresentar cidades, localidades específicas ou fatos ocorridos nestes locais, tornando a apresentação documentada, atraindo a atenção dos alunos e aumentando a retenção do tema em estudo.

Como utilizá-los? Vejam algumas sugestões:

1 – Apresentar um mapa e apontar para o local que você deseja mostrar para os alunos, utilizando uma caneta ou um apontador específico. A caneta servirá apenas para apontar e não para riscar, lembrem-se de que os mapas precisam ser bem utilizados para que possam ser usados muitas vezes.

Exemplo:

Apontar para o rio Jordão e falar: foi neste rio que Jesus foi batizado.

Apontar para o deserto da Judéia e falar: após o batismo, ele foi para o deserto da Judéia, onde foi tentando por 40 dias.

Apontar para a Galiléia e falar: Ele voltou para a Galiléia e iniciou seu ministério.

2 – Colocar um mapa sobre uma mesa ou no piso da sala.

Organizem os alunos ao redor do mapa.

Falem o nome de uma cidade e peçam para que os alunos apontem no mapa.

Exemplo: Procurar a cidade de Filipos, falar das características da cidade e informar que hoje neste local se situa a Turquia.

3 – Montar um mapa no piso da sala, antes dos alunos chegarem para a aula. Como assim? Isto mesmo, para isto vocês precisarão de durex colorido, o mapa pequeno que servirá de referência e nomes de cidades digitados.

Vejam como fazer, observando este exemplo:

Colocar no piso o nome do Mar Morto e fazer um desenho dele semelhante ao do mapa com durex azul.

Colocar no piso o nome do Lago de Tiberíades e fazer um desenho dele semelhante ao do mapa com durex azul.

Fazer a ligação entre o Mar Morto e o Lago com durex azul e colocar o nome rio Jordão.

Colocar o nome da cidade de Nazaré perto do Lago de Tiberíades(Mar da Galiléia) e o nome da Cidade de Belém próximo ao Mar Morto(orientem-se pelo mapa).

Com o durex colorido vermelho, unir as cidades de Belém a Nazaré( local do nascimento de Jesus e a cidade onde foi criado), demonstrando deslocamento.

Aproveitar este mapa e trabalhar outros pontos da vida de Jesus, como seu batismo no Rio Jordão, lugares por onde Jesus passava e ensinava, como também o lugar da crucificação e ressurreição.

4 – Colocar no piso da sala figuras grandes de pé direito e esquerdo, formando um caminho.

Exemplo: Trabalhar acerca dos fatos sobre Jesus, utilizando o caminho formado pelos pés, com nomes das principais cidades ou milagres, observando um mapa.

5 – Apresentar mapa utilizando Power Point, para isto é interessante local adequado e os equipamentos necessários e saber como utilizá-los.

Alguns cuidados que devem ser observados com os mapas:

Os mapas devem ser bem guardados, de preferência numa pasta; os que são grandes, normalmente são dobrados e para que não se desgastem nas dobras, é recomendável passar um durex transparente largo na parte posterior do mapa.  Há mapas que são organizados em álbuns espiralados e para uma boa conservação é necessário colocá-los numa pasta grande.

Que tal escolher uma destas formas de uso de mapa na próxima oportunidade, nas aulas da Escola Bíblica Dominical?

Por Sulamita Macedo.

Publicado no blog Atitude de Aprendiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *