E Deus os Criou Homem e Mulher – Sulamita Macêdo

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).

Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!.

6 – Agora, iniciem o estudo da lição:

– Apresentem o título da lição: E Deus os criou Homem e Mulher.

– Introduzam o tema, utilizando a dinâmica “Fui criado por Deus!”

– Lembrem-se de que ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dia 15 de outubro é o do Professor.

É interessante que a liderança da Igreja faça uma homenagem para os professores e professoras da EBD.

Vejam uma sugestão de dinâmica para este momento(postada abaixo)

Dinâmica: Fui criado por Deus

Objetivo: Refletir sobre a perfeição da criatura humana, obra da criação de Deus.

Material:

½ folha de papel ofício

01 lápis grafite

Procedimento:

– Escolham um aluno e peçam para que ele permaneça diante da turma.

– Distribuam ½ folha de papel ofício para cada aluno e 01 lápis grafite.

– Peçam para que eles desenhem o colega, observando os detalhes, procurando ser o mais fiel possível ao que estão vendo. Eles devem desenhar em 1 minuto.

– Depois, recolham os desenhos e fixem no quadro.

– Observem os desenhos e deixem que os alunos analisem o resultado.

Alguém conseguiu no desenho se aproximar da realidade, isto é, reproduzir o colega? Por quê?

Observem as respostas.

Por mais que haja na turma alguém que desenhe bem, sempre haverá diferenças e o resultado não copia com exatidão os traços do colega.

Percebemos como é difícil desenhar.  Imaginem fazer o primeiro ser humano!

– Agora, falem: Olhem para seus colegas. Observem as características dos colegas, são diferentes mesmo tendo os mesmos membros, olhos, boca, nariz, orelhas etc.

– Depois, enfatizem: Só Deus tem poder para criar com tanta perfeição as diferentes características entre as pessoas. Nem mesmo os gêmeos univitelinos são iguais. E as impressões digitais? Não há um ser humano que tenha impressão digital igual ao de outra pessoa.

– Perguntem: Afinal, somos produtos da criação de Deus ou da evolução?

Aguardem as respostas.

– Para concluir, peçam para que os alunos repitam: Fui criado por Deus!

Por Sulamita Macedo.

Dinâmica: Dia do Professor

Objetivo: Homenagear os professores pelo seu dia(15 de outubro).


Material:

Cópia do “Guia orientador para a realização da dinâmica cantada” para o condutor da dinâmica e para cada pessoa do grupo vocal(veja no procedimento)

01 lembrancinha para cada professor

Um lanche, almoço ou jantar

Orientações:

Esta dinâmica é conhecida como dinâmica cantada, cuja condução depende de músicas para as respostas às perguntas ou afirmações feitas ao homenageado.

Nesta dinâmica, especificamente, foram escolhidos hinos da Harpa Cristã, que não serão cantados totalmente, mas apenas um pequeno trecho que dá significado ou responde as indagações feitas aos professores da EBD.

O momento para realização da dinâmica pode ser no domingo, durante o período da EBD, ou em outra ocasião que a igreja destinar para homenagear os professores.

Procedimento:

Antes da realização da dinâmica:

Escolham algumas pessoas, que não sejam professores, para cantar as partes dos hinos da Harpa Cristã. Há sugestão de 21 hinos. Se desejarem, vocês podem acrescentar outros e ou retirar alguns.

É interessante que o condutor da dinâmica faça um ensaio com o grupo vocal. Cada pessoa do grupo deve ter o texto com as perguntas e os hinos, para que observem atentamente o momento do cântico de cada hino(pequenas partes dos hinos).

Eles devem cantar assim que o condutor da dinâmica terminar de ler cada frase.

Testar os microfones para que não haja interferência na condução da dinâmica.

Os professores não devem saber disto nem receberão o papel com a condução da dinâmica para que haja o elemento surpresa.

Durante a dinâmica:

– Se a homenagem acontecer no momento da Escola Dominical, é bom que os professores sentem-se num espaço próximos uns dos outros. Esta homenagem deve acontecer após o estudo nas classes.

– Se a homenagem for em outro dia, numa ocasião especial, é interessante que os professores sejam bem recepcionados.

Observação: Se houver condições, poderá fazer sorteio de livros sobre o tema do trimestre, livros pedagógicos, assinatura de revista específica para professor etc.

– Quando chegar o momento da realização da dinâmica cantada, o condutor da dinâmica ler cada afirmação de forma clara e o grupo vocal deve estar atento para cantar apenas trechos dos hinos, conforme descrição abaixo:

Guia orientador para a realização da dinâmica cantada

1 – Quando você recebeu o convite para ser professor você disse:

“Se Cristo comigo vai, eu irei, e não temerei, com gozo irei; comigo vai. É grato servir a Jesus, levar a cruz; se Cristo comigo vai, eu irei”( coro do hino 515).

2 – Você pediu ajuda a Deus e escutou:

“Não temas contigo, eu sempre estarei”(1ª linha do hino 58).

3 – A razão de você ter aceito o convite para ser professor da EBD foi…

“Quero eu servir-te, ó meu rei Jesus…”(1ª linha do hino 147).

4 – Mas, você se perguntou:

“Posso tendo as mãos vazias, com Jesus me encontrar? Nada fiz e vão-se os dias, que lhe posso apresentar?”(1ª estrofe do hino 16).

5 – Observe o que aconteceu com você quando iniciou e agora como você está…

“Antes tinha mui temor, mas agora tenho amor…” (1ª linha da estrofe 2 do hino 192)

6 – Como você se sente quando vai dar aula…

“Sobre a terra vou andando bem alegre para o céu, satisfeito e salmodiando ao bondoso Deus”(1ª e 2ª linhas do hino 213)

7 – Quando você está orando pela EBD, você começa cantando…

“Eis-me a teus pés, Senhor, opera em mim…”(1ª linha do hino 221).

8 – Quando um novo professor chega na EBD você diz…

“Vamos todos trabalhar para o Senhor Jesus…”(1ª linha do hino 376).

9 – Quando há visitantes na classe, você diz…

“Sois bem-vindos, sois bem-vindos, campões de Jeová…”(1ª linha do coro do hino 433).

10 – Quando você está desanimado, você se lembra…

“Não desanimes, Deus proverá…”(1ª linha do hino 4).

11 – Quando você ver um professor desanimado você diz para ele…

“Quem sua mão ao arado já pôs, constante precisa ser…(1ª linha do hino 394).

12 – Quando não é seu dia de ensinar, será que você pensa assim?

“Livre estou! Livre estou!”…(1ª linha do coro do hino 116).

13 – Quando você percebe que tem um aluno desatento, cochilando na aula, você tem vontade de dizer…

“Acordai! Acordai! Despertai! Despertai”( 1ª linha do coro do hino 63).

14 – Quando um aluno, que não estava frequentando a EBD, retorna, você canta….

“O bom pastor buscou-me já longe do redil e com ternura achou-me…”(1ª linha do hino 156).

15 – Quando um aluno retorna para a aula, após passar por uma dificuldade, você fala para ele…

“Conta as bênçãos! Dize quantas são, recebidas da divina mão!”(1ª parte do coro do hino 564).

16 – Quando você convida outros irmãos e irmãs para participar da EBD, você diz…

“Desejamos ir lá, Desejamos ir lá. Que alegria será, quando nós nos encontrarmos lá”(coro do hino 214).

Observação: Que tal modificar o verbo “desejamos” para “desejemos” no momento do cântico?

17 – Quando vocês são chamados para uma reunião, a liderança lhe pergunta…

“Um dos tais. Um dos tais. Podes tu também dizer: “Sou um dos tais”? “Um dos tais. Um dos tais. Podes tu também dizer: “Sou um dos tais”?”(coro do hino 340).

18 – Quando você convida alguém para participar da EBD e ele fica indeciso, você diz…

“Oh! Por que duvidar sobre as ondas do mar…”(1ª linha do hino 467).

19 – Você fica feliz quando um aluno diz o que o ensino na EBD fez nele…

“Que mudança em mim fez o meu bom Jesus…”(1ª linha do hino 111).

20 – Lembre-se de que para ensinar é preciso dedicação…

“Há trabalho pronto para ti cristão que demanda toda tua devoção…”(1 e 2ª linhas do hino 93).

21 – Agora, vamos oferecer um lanche(ou almoço ou jantar) e nós podemos cantar:

“Cristo já nos preparou um manjar que nos comprou e agora nos convida a cear…”(1ª e 2ª linhas do hino 301).

Ideia original de “dinâmica cantada” desconhecida.

Esta versão da dinâmica por Sulamita Macedo.

Publicado no blog Atitude de Aprendiz

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.