Comentários LB Jovens

Comentários das Lições Bíblicas Jovens

Comentários LB Jovens
O Sustento da Igreja – Sulamita Macedo

O Sustento da Igreja – Sulamita Macedo

Lição 06: O sustento da Igreja

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

Comentários LB Jovens
Ordenanças da Igreja – Sulamita Macedo

Ordenanças da Igreja – Sulamita Macedo

Lição 05: Ordenanças da Igreja

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Jovens
O Ministério da Igreja – Francisco Barbosa

O Ministério da Igreja – Francisco Barbosa

O Ministério da Igreja

TEXTO DO DIA SÍNTESE
“E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai, a ele, glória e poder para todo o sempre. Amém!” (Ap 1.6). O ministério da Igreja é um lugar para os servos de Deus, visando o aperfeiçoamento dos santos.
AGENDA DE LEITURA
Segunda – At 4.32

Ministério e unidade

Terça – At 6.1-3

Ministério e serviço

Quarta – At 9.36

Ministério e misericórdia

Quinta – At 8.6

Ministério e sinais

Sexta – At 4.8

Ministério e o poder do Espírito Santo

Sábado – At 4.13

Ministério e ousadia

OBJETIVOS

Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:

EXPLICAR o que significa o ministério;

ENFATIZAR que os cristãos são chamados a servir ao Senhor como sacerdotes, como mediadores da mensagem da salvação;

DESTACAR que a Igreja tem a mensagem da reconciliação, e deve fazer dessa mensagem e de sua prática um ministério.

Comentários LB Jovens
O Ministério da Igreja – Sulamita Macedo

O Ministério da Igreja – Sulamita Macedo

Lição 04: O Ministério da Igreja 

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Jovens
A Organização da Igreja – Sulamita Macedo

A Organização da Igreja – Sulamita Macedo

Lição 03: A organização da igreja

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Jovens
O Real Propósito da Igreja – Francisco Barbosa

O Real Propósito da Igreja – Francisco Barbosa

O real propósito da Igreja

TEXTO DO DIA SÍNTESE
“Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (1Pe 2.9). A Igreja de Jesus Cristo tem por objetivo mostrar ao mundo como Deus age na história da salvação.
AGENDA DE LEITURA
Segunda –  Rm 12.1

A busca pelo culto e adoração racionais

Terça – Hb 10.25

Não deixe de congregar

Quarta – Ef 4.29

Edificando por meio de palavras

Quinta – Cl 4.3,4

Falemos de Cristo

Sexta – 1Co 12.13

Formamos um só corpo

Sábado – Jo 4.24

Adorar em espírito e em verdade

Comentários LB Jovens
O Real Propósito da Igreja – Sulamita Macedo

O Real Propósito da Igreja – Sulamita Macedo

Lição 02: O real propósito da Igreja

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Jovens
A Origem e Desenvolvimento da Igreja – Sulamita Macedo

A Origem e Desenvolvimento da Igreja – Sulamita Macedo

Lição 01: A origem e desenvolvimento da Igreja

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Jovens
A Adoração sem Conhecimento – Francisco Barbosa

A Adoração sem Conhecimento – Francisco Barbosa

A adoração sem conhecimento

TEXTO DO DIA SÍNTESE
“Jesus respondeu e disse- lhe: Se tu conheceras o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.” (Jo Jo 4.10) Adorar a Deus é o mais nobre privilégio que o Pai concede- nos Por isso, faça-o com todo o zelo, fervor e empenho de sua alma; sabendo que adorar a Deus é conhecê-lo.
LEITURA DIÁRIA
Segunda – Jo 4.9

O trauma sociocultural

Terça – Jo 4.10

A ignorância da mulher

Quarta – Rm 10.14

A impossibilidade de uma fé genuína em virtude da ignorância

Quinta – At 17.23

Os atenienses e o deus desconhecido

Sexta – Jo 4.23

A revelação da essência da adoração

Sábado – Jo 4.42

As consequências da verdadeira adoração

Comentários LB Jovens
A Adoração sem Conhecimento – Sulamita Macedo

A Adoração sem Conhecimento – Sulamita Macedo

Lição 10: A adoração sem conhecimento

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Pages