Comentários LB Adultos

Comentários das Lições Bíblicas Adultos

Comentários LB Adultos
A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Eliseu Antonio Gomes

A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Eliseu Antonio Gomes

A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo

Por Eliseu Antonio Gomes

INTRODUÇÃO

A Carta aos Hebreus é a única no Novo Testamento cujo autor e o receptor não são revelados. E uma vez que não menciona a destruição de Jerusalém, que teve lugar em 70 d.C., provavelmente foi escrita entre 64 e 68 d.C.
 
I – AUTORIA, DESTINATÁRIO E PROPÓSITO
 
1. Autoria
A Carta aos Hebreus não revela o nome de seu autor. Ainda hoje é objeto de debates polêmicos entre os historiadores e teólogos que discutem o seu conteúdo e principalmente quem a escreveu. A autoria da epístola não é tão clara como a de outros livros do Novo Testamento, e isto tem sido motivo de controvérsia desde os primeiros tempos. As igrejas do oriente e do ocidente debateram sobre quem era o autor do livro, há vários motivos para se pensar em nomes como Paulo e Barnabé, Lucas, Apolo ou Clemente.
Com seu formato inigualável e não convencional, é considerada um tratado teológico, por conta de seu prólogo de abertura (Hebreus 1.1-4). Começa como um compêndio, prossegue como um sermão e termina como uma carta. Embora não traga em seu início a habitual saudação de Paulo, os cristãos desde o século IV, aproximadamente, até o final dos anos 1800, acreditaram ser o apóstolo o seu autor.
Comentários LB Adultos
A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Pr. Luiz Henrique

A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Pr. Luiz Henrique

Lição 1, A Carta aos Hebreus e a Excelência de CRISTO
1º Trimestre de 2018 – Título: A Supremacia de CRISTO – Fé, Esperança e Ânimo na Carta aos Hebreus
Comentarista: Pr. José Gonçalves, pastor presidente das Assembleias de DEUS em Água Branca, PI.
Complementos, Ilustrações e Vídeos: Pr. Luiz Henrique de Almeida Silva – 99-99152-0454.
Ajuda – http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/hebreus.htm
SLIDES DA LIÇÃO 1 – https://www.slideshare.net/henriqueebdnatv/lio-1-a-carta-aos-hebreus-e-a-excelncia-de-cristo-5-partes-1tr18-pr-henrique-ebd-na-tv
 
 
TEXTO ÁUREO
“Havendo DEUS, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho.” (Hb 1.1)
 

VERDADE PRÁTICA
Por meio de CRISTO, DEUS revelou-se de uma forma especial e definitiva ao seu povo.
Comentários LB Adultos
A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – IEADPE

A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – IEADPE

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50.040.000 Fone: 3084.1524 / 3084.1543

LIÇÃO 01 – A CARTA AOS HEBREUS E A EXCELÊNCIA DE CRISTO

1º TRIMESTRE DE 2018 (Hb 1.1-14)

INTRODUÇÃO

Neste primeiro trimestre de 2018, estudaremos sobre o tema: “A supremacia de Cristo: fé, esperança e ânimo na Carta aos Hebreus”. Introduziremos o assunto trazendo informações importantes sobre esta epístola e destacaremos seu principal assunto: mostrar a superioridade de Cristo Jesus.

I – INFORMAÇÕES SOBRE A EPÍSTOLA AOS HEBREUS

A Epístola aos Hebreus ocupa lugar de destaque no Novo Testamento, em razão de sua contribuição à doutrina e excelência como peça literária, sendo neste sentido um livro sem par. Henrichsen (1996, p. 07) considera esta epístola como “o melhor comentário que temos do Antigo Testamento”. Vejamos algumas informações sobre esta epístola:

Comentários LB Adultos
A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Pr. José Costa Júnior

A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Pr. José Costa Júnior

A CARTA AOS HEBREUS E A EXCELÊNCIA DE CRISTO

Pr. JOSÉ COSTA JUNIOR

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

A Epístola aos Hebreus não é igual a nenhum outro livro do Novo Testamento. Ela começa como um tratado, continua como um sermão e conclui como uma carta. Conclui como uma carta, mas não começa como tal, pois não tem a saudação costumeira e não dá nem o nome do escritor nem o nome da comunidade à qual foi enviada. Contudo, por toda parte, o livro está claramente escrito para um grupo particular de leitores. Está escrito no melhor grego literário encontrado no Novo Testamento. O vocabulário é copioso e o estilo mostra traços de esforço e cuidado. A linguagem, ordem, ritmo, sintaxe, todos contribuem para o efeito total. O autor jamais é impetuoso; ele não é levado a se desviar por seus pensamentos. A beleza da carta pode mais facilmente ser apreciada que os detalhes do argumento, que demandam uma familiaridade não somente com o Velho Testamento, mas também certos tipos de interpretação do Velho Testa­mento vigentes no primeiro século.

Comentários LB Adultos
A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Sulamita Macedo

A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Sulamita Macedo

Lição 01: A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Adultos
A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Francisco Barbosa

A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo – Francisco Barbosa

Lição 1: A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo

Material de apoio gratuito aos professores e alunos de escola dominical

Plano de aula preparado por Francisco Barbosa. Pode ser baixado e usado como desejar.

Lição 1

7 de Janeiro de 2018

A Carta aos Hebreus e a

Excelência de Cristo

Texto Áureo Verdade Prática
“Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho.” (Hb 1.1) Por meio de Cristo, Deus revelou-se de uma forma especial e definitiva ao seu povo.
Leitura Diária
Comentários LB Adultos
Vivendo com a Mente de Cristo – Pr. Luiz Henrique

Vivendo com a Mente de Cristo – Pr. Luiz Henrique

Lição 14, Vivendo com a Mente de CRISTO

4º Trimestre de 2017 – Título: A Obra da Salvação – JESUS CRISTO é o Caminho, e a Verdade e a Vida.

Comentarista: Pr. Claiton Ivan Pommerening, Assembleia de DEUS de Joinvile, SC.

Complementos, Ilustrações e Vídeos: Pr. Luiz Henrique de Almeida Silva – 99-99152-0454

AJUDA –

http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao8-aprendendo-cuidandodocorpoedamente.htmhttp://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao2-ldc-asuperioridadedamensagemdacruz.htmhttps://ebdnatv.blogspot.com.br/2017/12/licao-14-vivendo-com-mente-de-cristo.html   

FIGURAS utilizadas nos vídeos

https://www.slideshare.net/henriqueebdnatv/power-da-lio-14-vivendo-com-a-mente-de-cristo-4tr17-pr-henrique-ebd-na-tv-ebd-na-tv 

SLIDES

TEXTO ÁUREO
“Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de CRISTO.” (1 Co 2.16).

VERDADE PRÁTICA

Diante de um mundo marcado pelos dias maus, não podemos viver sem ter a mente de CRISTO. 

Comentários LB Adultos
Vivendo com a Mente de Cristo – IEADPE

Vivendo com a Mente de Cristo – IEADPE

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50.040.000 Fone: 3084.1524 / 3084.1543

LIÇÃO 14 – VIVENDO COM A MENTE DE CRISTO – 4º TRIMESTRE DE 2017

(1 Co 2.12-16)

INTRODUÇÃO

Nesta última lição deste trimestre finalizaremos tratando de algumas verdades cristãs, a luz da primeira epístola de Paulo aos coríntios; trataremos dos dois tipos de pessoa: natural e espiritual; destacaremos dois benefícios concedidos por Deus aos crentes: o Espírito Santo e a mente de Cristo; e, finalizaremos pontuando os que estas duas bênçãos proporcionam ao cristão na prática.

Pages