Comentários LB Adultos

Comentários das Lições Bíblicas Adultos

Comentários LB Adultos
A Tentação de Jesus – Sulamita Macedo

A Tentação de Jesus – Sulamita Macedo

Lição 04: A tentação de Jesus

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Adultos
Jesus é Superior a Josué – O Meio de Entrar no Repouso de Deus – Sulamita Macedo

Jesus é Superior a Josué – O Meio de Entrar no Repouso de Deus – Sulamita Macedo

Lição 04: Jesus é superior a Josué – O meio de entrar no repouso de Deus

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

Comentários LB Adultos
A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Pr. Luiz Henrique

A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Pr. Luiz Henrique

Lição 3, A Superioridade de JESUS em relação a Moisés

1º Trimestre de 2018 – Título: A Supremacia de CRISTO – Fé, Esperança e Ânimo na Carta aos Hebreus

Comentarista: Pr. José Gonçalves, pastor presidente das Assembleias de DEUS em Água Branca, PI.Complementos, Ilustrações e Vídeos: Pr. Luiz Henrique de Almeida Silva – 99-99152-0454.

Ajuda – http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/hebreus.htm  http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao2-ujf-1tr14-umlibertadorparaisrael.htmhttp://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao7-ujf-1tr14-osdezmandamentos.htmhttp://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao13-ujf-1tr14-olegadodemoises.htmhttps://ebdnatv.blogspot.com.br/2018/01/figuras-da-licao-2-uma-salvacao_14.html  

FIGURAS

https://www.slideshare.net/henriqueebdnatv/slides-da-lio-3-a-superioridade-de-jesus-em-relao-a-moiss-5-partes-1tr18-pr-henrique-ebd-na-tv

SLIDES

Antes na revista estava assim organizada com erro. Abaixo a corrigida.

TEXTO ÁUREO

“Porque ele é tido por digno de tanto maior glória do que Moisés, quanto maior honra do que a casa tem aquele que a edificou.” (Hb 3.3) 

Comentários LB Adultos
A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Sulamita Macedo

A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Sulamita Macedo

Lição 03: A Superioridade de Jesus em relação a Moisés

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Adultos
A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – IEADPE

A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – IEADPE

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50.040.000 Fone: 3084.1524 / 3084.1543

LIÇÃO 03 – A SUPERIORIDADE DE JESUS EM RELAÇÃO A MOISÉS

1º TRIMESTRE DE 2018 (Hb 3.1-19)

INTRODUÇÃO

No capítulo três da Epístola aos Hebreus, o autor procura mostrar aos cristãos judeus que, embora Moisés tenha sido um ícone no AT, Cristo Jesus é superior a ele, quanto a natureza, função, aliança, missão e glória.

I – QUEM FOI MOISÉS

Moisés era filho de Anrão e Joquebede ambos oriundos da tribo de Levi (Êx 2.1). Era irmão de Arão e Miriã (1 Cr 6.3). Ele nasceu durante os amargos anos de escravidão do povo de Israel no Egito (Êx 1.1-14), que culminou no decreto de Faraó que ordenou a morte de todos os bebês do sexo masculino ao nascer (Êx 1.15-22). Seus pais o esconderam em casa e depois o colocaram no meio da vegetação, na margem do Nilo, dentro de um cesto de junco (Êx 2.2,3). A filha de Faraó saiu para banhar-se neste rio e quando viu o menino decidiu adotá-lo, contratando inclusive uma ama de leite, que por providência divina foi a mãe de Moisés (Êx 2.5-9). Quando o menino cresceu, Joquebede o trouxe a princesa, que colocou o nome dele de Moisés (Êx 2.10) que significa: “tirado das águas”. Por meio de sua esposa Zípora (Êx 2.21), Moisés teve dois filhos, Gérson e Eliezer. A este homem, Deus chamou para uma grande obra. Vejamos:

Comentários LB Adultos
A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Francisco Barbosa

A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Francisco Barbosa

A CPAD publicou uma ERRATA relativa a lição 3 de adultos referente à diagramação da Revista feita pela Editora. O problema está nos dois últimos pontos do terceiro tópico, são os mesmos da lição 3 da revista do trimestre passado.

Este comentário está com o conteúdo correto.

Lição 3

21 de Janeiro de 2018

A Superioridade de Jesus em relação a Moisés

Comentário

INTRODUÇÃO

O autor dá início ao capítulo três fazendo um contraste entre Moisés e Cristo. Ele estava consciente da grande estima que seus compatriotas tinham pela figura do grande legislador hebreu, Moisés. Em nenhum momento desse contraste o autor deprecia a pessoa de Moisés, mas sempre o coloca como um homem fiel a Deus na execução de sua obra. Entretanto, mesmo tendo assumido a grande missão de conduzir o povo rumo à Terra Prometida, Moisés não poderia se equiparar a Jesus, o Autor da nossa fé. O contraste entre Moisés e Cristo é bem definido: Moisés é visto como um administrador da casa, Jesus como Edificador; Moisés é retratado como servo, Jesus como Filho; Moisés foi enviado em uma missão terrena, Jesus numa missão celestial, eterna. (LB CPAD, 1º Trim 2018, Lição 3, 21 jan 18)

Como já exposto nas lições anteriores, os crentes hebreus estavam enfrentando um esfriamento na fé e pensando em abandonar a fé voltando ao judaísmo. Numa época  de intensa perseguição e dificuldade para os cristãos “… Naquele dia, levantou-se grande perseguição contra a igreja em Jerusalém; e todos, exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e Samaria” (At 8.1).

Comentários LB Adultos
A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Luciano de Paula Lourenço

A Superioridade de Jesus em Relação a Moisés – Luciano de Paula Lourenço

Aula 03 – A SUPERIORIDADE DE JESUS EM RELAÇÃO A MOISÉS

1º Trimestre/2018

Texto Base: Hb.3:1-19

“Porque ele é tido por digno de tanto maior glória do que Moisés, quanto maior honra do que a casa tem aquele que a edificou” (Hb.3:3).

INTRODUÇÃO

Nesta Aula trataremos da superioridade de Jesus em relação a Moisés quanto à tarefa, à autoridade e o discurso, que o autor da Epístola aos Hebreus faz questão de relatar aos destinatários da Epístola. A superioridade de Jesus em relação a qualquer ser humano ou dos anjos é tão óbvia que, certamente, seria dispensável falar sobre esse assunto. De imediato, podemos dizer que Jesus foi o criador de todos as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis (Gn.1:26; João 1:3; Cl.1:16). Portanto, o contraste entre Moisés e Cristo é bem definido: Moisés é visto como um administrador da casa, Jesus como Edificador; Moisés é retratado como servo, Jesus como Filho; Moisés foi enviado em uma missão terrena, Jesus numa missão celestial, eterna. Na Antiga Aliança, Moisés é considerado um grande profeta pelos israelitas, mas, na Nova Aliança, Jesus é superior a Moisés, pois encarnou-se tomando a forma humana, ou seja, tornou-se o Emanuel – “Deus entre nós” -, concedendo a gloriosa e eterna salvação para todos os que nEle creem.

Comentários LB Adultos
Uma Salvação Grandiosa – Pr. Luiz Henrique

Uma Salvação Grandiosa – Pr. Luiz Henrique

Lição 2, Uma Salvação Grandiosa

1º Trimestre de 2018 – Título: A Supremacia de CRISTO – Fé, Esperança e Ânimo na Carta aos Hebreus

Comentarista: Pr. José Gonçalves, pastor presidente das Assembleias de DEUS em Água Branca, PI.

Complementos, Ilustrações e Vídeos: Pr. Luiz Henrique de Almeida Silva – 99-99152-0454.

Ajuda –

TEXTO ÁUREO

“Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos, depois, confirmada pelos que a ouviram.” (Hb 2.3).


VERDADE PRÁTICA

A salvação não é algo dado ao crente compulsoriamente. O cristão é exortado a ser vigilante e não negligente em relação a essa dádiva recebida.

Comentários LB Adultos
Uma Salvação Grandiosa – IEADPE

Uma Salvação Grandiosa – IEADPE

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50.040.000 Fone: 3084.1524 / 3084.1543

LIÇÃO 02 – UMA SALVAÇÃO GRANDIOSA – 1º TRIMESTRE DE 2018

(Hb 2.1-18)

INTRODUÇÃO

Nesta lição, traremos uma definição teológica da palavra salvação; pontuaremos alguns resultados deste tão grande livramento; veremos os aspectos desta ação divina na vida do homem; e por fim, analisaremos algumas características desta obra de amor de Deus.

I – DEFINIÇÃO A PALAVRA SALVAÇÃO

A palavra “salvação” ocorre na Bíblia 167 vezes. No AT: 120; e no NT: 47 (JOSHUA, sd, p. 697). No hebraico o verbo “salvar” é “yasha” que significa: “ajudar, libertar, salvar”. No grego o verbo é “sozo” é usado como se dá acerca de: (a) livramento material do perigo (Mt 8.25; Mc 13.20; Lc 23.35; Jo 12.27; 1 Tm 2.15; 2 Tm 4.18); e, (b) a salvação espiritual e eterna concedida por Deus aos que creem no Senhor Jesus Cristo (At 2.47; 16.31; Rm 8.24; Ef 2.5.8; I Tm 2.4; 2 Tm 1.9; Tt 3.5)” (VINE, 2002, p. 968). Teologicamente esta palavra significa: “livramento do que aceita a Cristo do poder e da maldição do pecado. Restituição do homem à plena comunhão com Deus” (ANDRADE, 2006, p. 325). A Bíblia destaca que a prerrogativa de salvação é exclusivamente divina (Is 43.11; 45.21; Os 13.4; Tt 1.3). Geisler (2010, p. 157), afirma: “Deus é o autor da salvação, pois apesar de o pecado humano ter a sua origem nos homens, a salvação vem do céu, e tem a sua origem em Deus”. Acerca da salvação devemos destacar que:

Comentários LB Adultos
Uma Salvação Grandiosa – Francisco Barbosa

Uma Salvação Grandiosa – Francisco Barbosa

Lição 2

14 de Janeiro de 2018

Uma Salvação Grandiosa

Comentário

INTRODUÇÃO

O autor dá início à seção de Hebreus 2.1-18 com uma forte exortação. Era necessário por parte dos crentes maior firmeza em relação as coisas espirituais. O que o autor observava entre eles era certa letargia e negligência diante de um fato de tão grande importância como é a salvação. Nesse aspecto a resposta devia ser dada por meio do retorno às verdades anteriormente ouvidas e que haviam sido esquecidas. Isso era de suma importância porque evitava que algum deles viesse a se desviar. De fato, o vocábulo grego usado pelo autor—pararreo—.traduzido como “desviar”, significa originalmente “perder o rumo”. O termo era usado também em relação a um barco que acidentalmente era desancorado e lançado à deriva em alto mar. No pensamento do autor só havia uma maneira de manter-se no rumo certo: ancorando o barco no porto seguro, Jesus. (Lições Bíblicas CPAD, 1º Trim 2018, Lição 2).

Pages