Comentários LB Adultos

Comentários das Lições Bíblicas Adultos

Comentários LB Adultos
A Necessidade de Termos uma Vida Santa – IEADPE

A Necessidade de Termos uma Vida Santa – IEADPE

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50.040.000 Fone: 3084.1524 / 3084.1543

LIÇÃO 09 – A NECESSIDADE DE TERMOS UMA VIDA SANTA – 3º TRIM. DE 2017

(1 Pe 1.13-22)

INTRODUÇÃO

Nesta lição veremos à luz da Bíblia, a definição e conceito da doutrina da santidade; destacaremos a necessidade de vivermos uma vida santa como verdadeiros servos de Deus; pontuaremos também algumas motivações bíblicas para viver em santidade; e finalmente, algumas características de uma vida santa.

Comentários LB Adultos
A Necessidade de Termos uma Vida Santa – Sulamita Macedo

A Necessidade de Termos uma Vida Santa – Sulamita Macedo

Lição 09: A Necessidade de Termos uma Vida Santa

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

Comentários LB Adultos
A Necessidade de Termos uma Vida Santa – Luciano de Paula Lourenço

A Necessidade de Termos uma Vida Santa – Luciano de Paula Lourenço

Aula 09 – A NECESSIDADE DE TERMOS UMA VIDA SANTA

3º Trimestre/2017

Texto Base: 1Pd.1:13-22 

“Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver” (1Pd.1:15).

INTRODUÇÃO

Dando continuidade ao estudo da Declaração de Fé das Assembleias de Deus, estudaremos nesta Aula a respeito da “necessidade de termos uma vida santa”. O povo de Deus foi separado como Sua propriedade exclusiva (Cl.3:12b). Nós, ou seja, a Igreja, fomos eleitos para a santidade. E ser santo é ser separado do mundo para Deus. Agora, tirados do mundo, mesmo estando geograficamente no mundo, somos propriedades exclusivas de Deus (1Pd.2:9). Fomos comprados por um alto preço e agora não somos mais de nós mesmos (1Co.6:19,20). Somos feitos santos aos olhos de Deus por causa do sacrifício de Cristo na cruz, ainda que a santidade seja um alvo progressivo da salvação.

Comentários LB Adultos
A Igreja de Cristo – Ev. Luiz Henrique

A Igreja de Cristo – Ev. Luiz Henrique

Lição 8, A Igreja de CRISTO

3º Trimestre de 2017 – Título: A Razão da Nossa Fé: Assim Cremos, assim Vivemos

Comentarista: Pr. Pres. Esequias Soares, Assembleia de DEUS, Jundiaí, SP

Complementos, ilustrações e vídeos: Pr. Luiz Henrique de Almeida Silva – 99-99152-0454

 

TEXTO ÁUREO
“Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mt 18.20)

VERDADE PRÁTICA
Cremos na Igreja, que é o corpo de CRISTO, una, santa e universal assembleia dos fiéis remidos de todas as eras e todos os lugares.

 

LEITURA DIÁRIA

Segunda – Mt 16.18 JESUS CRISTO é o fundador da Igreja
Terça – Hb 12.23 A Igreja é a comunidade dos remidos
Quarta – Ef 1.22,23 O Senhor JESUS CRISTO é a cabeça do Corpo da Igreja
Quinta – 1 Tm 3.15 A Igreja é a Casa de DEUS
Sexta – Ef 5.25-28 O relacionamento do casal é comparado ao de CRISTO com a sua Igreja
Sábado – Ap 22.17 A Igreja no convite do pecador para CRISTO

Comentários LB Adultos
A Igreja de Cristo – IEADPE

A Igreja de Cristo – IEADPE

Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Aílton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 – Santo Amaro – Recife-PE / CEP. 50.040.000 Fone: 3084.1524 / 3084.1543

LIÇÃO 08 – A IGREJA DE CRISTO – 3º TRIMESTRE DE 2017

(1 Co 12.12-20,25-27)

INTRODUÇÃO

Nesta lição traremos a definição da palavra “Igreja”; analisaremos as prerrogativas dadas a ela; pontuaremos a diferença entre a Igreja invisível e a visível; estudaremos sobre suas ordenanças; veremos algumas concepções errôneas a respeito da igreja pontuando seus postulados heréticos refutando-os à luz da Bíblia Sagrada, e por fim, pontuaremos a sua tríplice missão.

Comentários LB Adultos
A Igreja de Cristo – Ev. José Roberto A. Barbosa

A Igreja de Cristo – Ev. José Roberto A. Barbosa

A IGREJA DE CRISTO

Texto Áureo: Mt. 18.20 – Texto Bíblico Básico: Rm. I Co. 12.12-27

 

INTRODUÇÃO

A palavra igreja, no grego, é ekklesia, formade de ek, “para fora de” e klesis, “chamado”, era usado entre os gregos para descrever um corpo de cidadãos reunidos, uma assembleia, com a finalidade de discutir os assuntos do estado (At. 19.39). No cristianismo, diz respeito: 1) ao grupo inteiro dos redimidos ao longo de toda história, do qual Cristo se referiu como “minha igreja”, Mt. 16.18, que, mais tarde, é definida por Paulo como “a igreja, que é o seu corpo” (Ef. 1.22,23; 5.23); 2) no singular, como em Mt. 18.17, refere-se a um grupo formado por crentes professor (At. 20.28; I Co. 1.2; Gl. 1.13; I Ts. 1.1; II Ts. 1.1; I Tm. 3.5), quando no plural, diz respeito às igrejas de uma região.

Comentários LB Adultos
A Igreja de Cristo – Ev. Isaías de Jesus

A Igreja de Cristo – Ev. Isaías de Jesus

A Igreja de Cristo 01

Texto Áureo = “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mt 18.20)

Verdade Prática =Cremos na Igreja, que é o corpo de Cristo, una, santa e universal assembleia dos féis remidos de todas as eras e todos os lugares.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE = 1Corintios 12.-20,25-27

HINOS SUGERIDOS: 375, 470, 482 da Harpa Cristã

Apesar de abordarmos alguns aspectos teológicos fundamentais, nosso enfoque estará no desenvolvimento da missão da Igreja no mundo. Como podemos depreender do texto bíblico base da lição, a Igreja não é apenas uma organização, mas um organismo vivo e divino que tem como encargo precípuo a salvação dos pecadores e a congregação dos salvos a caminho da glória. A Igreja não é obra humana (Mt 16.18), mas criação especial de Deus mediante Cristo, seu Filho Amado. Jesus, como cabeça da Igreja (Ef1 .22,23), amou-a e se entregou por ela (Gl 2.20).

Comentários LB Adultos
A Igreja de Cristo – Luciano de Paula Lourenço

A Igreja de Cristo – Luciano de Paula Lourenço

Aula 08 – A IGREJA DE CRISTO

3º Trimestre/2017

Texto Base: 1Coríntios 12:12-20,25-27

“Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles” (Mt.18:20)

INTRODUÇÃO

Dando continuidade ao estudo da Declaração de Fé das Assembleias de Deus, estudaremos nesta Aula a respeito da Igreja de Cristo, a “universal assembleia e igreja dos primogênitos” (Hb.12:23), o “…mistério de Cristo, o qual noutros séculos não foi manifestado aos filhos dos homens, como agora tem sido revelado pelo Espírito aos Seus santos apóstolos e profetas, a saber, que os gentios são coerdeiros e de um mesmo corpo, e participantes da promessa em Cristo pelo evangelho” (Ef.3:4-6). Veremos o que significa a Igreja de Cristo, qual a diferença entre a sua natureza visível e a sua natureza invisível e qual o papel do membro dentro do Corpo de Cristo. A Igreja é cada um de nós, seus membros em particular (1Co.12:27b), de sorte que cada um dos salvos tem, também, obrigações a cumprir perante o seu Deus enquanto Jesus não volta ou não somos chamados para a eternidade.

A descida do Espírito Santo no dia de Pentecostes marcou o início da jornada da Igreja, e vemos o seu final glorioso no epílogo da história humana, em Apocalipse. Embora seja um organismo vivo, o Corpo de Cristo (1Co.12:27a), a universal assembleia e Igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus (cf. Hb.12:23a), a Igreja se apresenta sobre a face da Terra como uma reunião de igrejas locais, grupos sociais que têm tarefas a cumprir enquanto Jesus não volta para arrebatar os salvos e os levar para estar para sempre com Ele (João 14:3; 1Ts.4:16,17).

Pages