Abel, Exemplo de Caráter que Agrada a Deus – Daniel Conegero

Abel, Exemplo de Caráter que Agrada a Deus – Daniel Conegero

Abel, Exemplo de Caráter Que Agrada a Deus é o tema da lição 2 das Lições Bíblicas CPAD do 2º trimestre de 2017 para a Escola Bíblica Dominical. Neste estudo bíblico meditaremos sobre o capítulo 4 do livro de Gênesis.

Texto Áureo: Hebreus 11:4

Leitura Bíblica em Classe: Gênesis 4:8-16

Introdução – Lição 2: Abel, Exemplo de Caráter Que Agrada a Deus

Lições Bíblicas 2º Trimestre de 2017 – Escola Bíblica Dominical

Certamente encontramos em Abel um exemplo de caráter que agrada a Deus. Ele foi o segundo filho do casal Adão e Eva, já que o primogênito foi Caim. É verdade que pouco se sabe sobre quem foi Abel, pois o relato bíblico foca apenas o episódio que envolve sua oferta a Deus e consequentemente seu assassinato.

Apesar disso, outras passagens bíblicas fazem referência ao seu caráter, como por exemplo, sendo citado na galeria dos heróis da fé pelo escritor do livro de Hebreus (Hb 11).

Um exemplo de caráter que agrada a Deus na adoração

I- A Oferta de Abel

O capítulo 4 de Gênesis nos fala sobre as ofertas de Abel e Caim, e enfatiza de uma forma direta as consequências do pecado após a Queda do Homem. A história de Caim deixa claro como o pecado deformou o caráter humano, e como o homem, criado à imagem e semelhança de Deus, teve essa imagem desfigurada.

O capítulo começa com o relato do nascimento dos dois irmãos, Caim e Abel. É possível que o significado do nome de Caim seja “adquirir, obter, tomar ou possuir”, talvez um prenúncio de suas inclinações reveladas no mesmo capítulo. Já o significado do nome de Abel provavelmente seja “vapor” ou “perecível”, também talvez sendo um tipo de prenúncio sinistro sobre o fim de sua vida.

Não sabemos quanto tempo se passou desde o nascimento destes dois homens até a ocasião da oferta narrada no capítulo 4. Sabemos apenas que ambos eram homens suficientemente adultos para desempenharem suas obrigações exercendo cada um a sua profissão, Abel era pastor de ovelhas, e Caim era lavrador.

Também não é possível afirmar se a oferta descrita no capítulo 4 de Gênesis foi a primeira oferecida ao Senhor pelos irmãos. Cada um deles ofereceu ofertas ao Senhor condizentes com suas ocupações, ou seja, Caim trouxe uma oferta ao Senhor do fruto da terra, enquanto Abel trouxe ao Senhor uma oferta das primícias do seu rebanho (Gn 4:3,4).

Naquele momento os dois irmãos estavam realizando o papel de sacerdotes, adorando o mesmo Deus, oferecendo ofertas a Ele, mas apesar da aparência e da prática parecer ser a mesma, a intenção que havia no coração de Caim era muito diferente da intenção que havia no coração de seu irmão. Ambos ofereceram ofertas, mas apenas o tributo de Abel foi considerado aceitável diante do Senhor. Aqui aprendemos a importante lição de que é impossível separar o ofertante de sua oferta.

Um exemplo de caráter que agrada a Deus diante da injustiça

II- A Injustiça Contra Abel

Muito já se foi debatido entre os estudiosos sobre o motivo pela qual Deus rejeitou uma oferta e aceitou a outra. As três principais interpretações sugerem que o sacrifício de Caim foi rejeitado (1) ou porque ele não tinha fé, (2) ou porque ele foi negligente em sua oferta ao Senhor, (3) ou porque seu sacrifício não tinha sangue.

Na verdade o texto bíblico não esclarece explicitamente essa questão. Das três hipóteses a menos provável é a última, pois a palavra hebraica que é traduzida como “oferta” é a mesma aplicada por Moisés em todo Pentateuco para se referir a um sacrifício sem sangue.

Já a primeira e a segunda sugestão são mais fundamentadas biblicamente, principalmente quando combinadas, ou seja, o sacrifício de Abel foi superior ao de seu irmão porque ele demonstrou fé verdadeira e compreendeu que a adoração ao Senhor deve ser feita de forma zelosa e sincera, oferecendo o que se tem de melhor. Enquanto Abel ofereceu uma oferta das primícias de seu rebanho, Caim parece ter oferecido apenas uma oferta superficial que refletia mais um sentimento de obrigação do que de devoção e gratidão.

Tomado pela inveja e o ódio, Caim arquitetou um plano para assassinar Abel. Após assassiná-lo, Caim foi confrontado por Deus. Inicialmente ele tentou negar qualquer responsabilidade sobre seu ato, e de forma semelhante aos seus pais, tentou fingir ser inocente diante do pecado que havia cometido (Gn 4:9; cf. Gn 3). Essa atitude expressa toda loucura humana na tentativa de se esconder do Deus soberano que conhece todas as coisas.

Um exemplo de caráter que agrada a Deus e que devemos seguir

III- Um Homem Que Agradou a Deus

O Novo Testamento testifica que Abel foi um homem bom e integro, um exemplo de caráter que agrada a Deus ao viver de forma justa e reta. O próprio Jesus falou sobre Abel ter sido o primeiro mártir, um homem justo que teve seu sangue derramado (Mt 23:35).

Na Epístola aos Hebreus também lemos mais uma vez sobre o caráter justo de Abel e de sua grande fé, fazendo dele o primeiro exemplo de alguém que viveu de uma forma que agradou a Deus (Hb 11:4). O próprio escritor de Hebreus ressalta o significado do sangue de Abel clamando por vingança, mas enfatiza que o sangue de Cristo “fala coisas superiores” ao de Abel, isto é, fala sobre perdão para aqueles que foram justificados por sua obra e também sobre castigo para os incrédulos (Hb 11:24).

Conclusão – Lição 2: Abel, Exemplo de Caráter Que Agrada a Deus

Em Gênesis 3 Deus avisou sobre a batalha entre a descendência da serpente e o descende da mulher, um confronto que nitidamente foi refletido já na história de Caim e Abel (cf. Jo 8:44). Enquanto Caim era do maligno, Abel era um homem justo e temente ao Senhor, com um temperamento que refletia sua caráter íntegro. O que é dito sobre Abel na Bíblia é bastante similar ao que também é dito sobre outros personagens bíblicos como Noé e  (Gn 6:8; Jó 1:8).

Devemos nos atentar para o conselho do apóstolo João, ao enfatizar que o caráter de Caim não deve, de forma alguma, ser um exemplo para nós (1 Jo 3:11,12). Por outro lado, em Abel encontramos um exemplo de caráter que agrada a Deus.

Publicado no blog Estilo Adoração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.