Mês: novembro 2016

Adorando a Deus em Meio a Calamidade – Ev. José Roberto A. Barbosa

Adorando a Deus em Meio a Calamidade – Ev. José Roberto A. Barbosa

ADORANDO A DEUS EM MEIO A CALAMIDADE

Texto Áureo Sl. 136.1 – Leitura Bíblica II Cr. 20.1-12

Prof. Ev. José Roberto A. Barbosa

www.subsidioebd.blogspot.com

Twitter: @subsidioEBD

INTRODUÇÃO

Na aula de hoje estudaremos a respeito do reinado de Josafá, o quarto rei de Judá que foi entronizado aos 35 anos de idade, sendo co-regente com seu pai, Asa, por três anos (I Rs. 22.41-50). A partir da crise política que se estabeleceu nesse reinado, podemos extrair orientações a respeito de como a política dos homens interfere na vida das pessoas, favorecendo seu bem-estar, ou resultando em dificuldades. Ao final, destacaremos a importância de buscar o Reino de Deus, diante das limitações dos governos humanos.

Adorando a Deus em Meio a Calamidade – Luciano de Paula Lourenço

Adorando a Deus em Meio a Calamidade – Luciano de Paula Lourenço

Texto Base: 2Crônicas 20:1-12

 “Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade é para sempre”(Sl.136:1).

INTRODUÇÃO

Nesta Aula, estudaremos acerca da provisão de Deus em meio à calamidade. Teremos como exemplo o grande livramento que Deus deu a Josafá, rei de Judá, quando ele teve que enfrentar as nações inimigas, moabitas e amonitas, que se levantaram para atacar Judá, e que diante da força delas, Josafá não teria como escapar, não tinha nenhuma saída; a destruição de Judá seria inevitável. Então, ele decide buscar o Senhor em oração e jejum, confessando a Ele que não tinha nenhuma capacidade para sair daquela situação critica. O rei e seu povo se depararam com o tipo de dilema que todos nós enfrentamos mais de uma vez na vida, e nós não sabemos o que faremos. Olhamos para todos os lados e não encontramos saída; a saída está acima de nós; a saída está em Deus, o nosso socorro bem presente na hora da angústia. Este era o único recurso disponível para Josafá, que se apropria dele para obter a solução do grande problema que se agigantava diante do seu povo. Este recurso está à disposição de todo o verdadeiro servo de Deus: os nossos olhos estão postos em ti (2Cr.20:12). Josafá teve fé, por isso, recebeu a vitória contra os seus inimigos. Diante da vitória, em um gesto de gratidão, Josafá louva e adora ao Senhor. Seu coração foi afligido pelo temor, mas o tempo de cantar chegou. Assim como Deus deu o livramento a Judá, em meio à calamidade, Ele dará o livramento a todos nós, quando o buscamos de todo o coração. Está escrito: “Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem o seu ouvido, agravado, para não poder ouvir” (Is.29:1).

Adorando a Deus em Meio a Calamidade – IEADPE

Adorando a Deus em Meio a Calamidade – IEADPE

Texto: (2 Cr 20.1-12)

INTRODUÇÃO

O rei Josafá governou por 25 anos no Reino do Sul e foi um dos poucos bons reis que administraram sobre o povo de Deus. Nessa lição veremos as peculiaridades da sua personalidade e seu comportamento. Através de uma das suas experiências, aprenderemos sobre a adoração a Deus diante das calamidades, bem como elencaremos alguns elementos pertencentes a verdadeira adoração e os seus respectivos resultados.

Pages